Mundo

Mercosul: Venezuela rejeita decisão que impede a sua liderança

A posição foi divulgada nesta quarta-feira (14) pela chanceler Delcy Rodríguez/Foto: Divulgação
A posição foi divulgada nesta quarta-feira (14) pela chanceler Delcy Rodríguez/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
A posição foi divulgada nesta quarta-feira (14) pela chanceler Delcy Rodríguez/Foto: Divulgação

A posição foi divulgada nesta quarta-feira (14) pela chanceler Delcy Rodríguez/Foto: Divulgação

A Venezuela rejeitou a decisão dos países fundadores do Mercosul (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai) que impede o país de assumir a presidência pro tempore do bloco. A posição foi divulgada nesta quarta-feira (14) pela chanceler Delcy Rodríguez.

Segundo apurou o portal G1, ela disse que a declaração torna vulnerável a legalidade da organização. “No Mercosul as decisões são adotadas por CONSENSO e respeitando as normas de funcionamento. Não permitiremos violações dos Tratados”, escreveu em seu twitter.

“A Venezuela, em exercício pleno da Presidência Pro Tempore do MERCOSUL, e no resguardo de seus Tratados, rejeita a declaração Tripla Aliança”, escreveu Rodríguez em seu Twitter, aludindo à Argentina, Brasil e Paraguai.

Ela também escreveu que “pretender destruir o Mercosul mediante artimanhas antijurídicas é reflexo da intolerância política e do desespero de burocratas”.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.