Política

Michel Temer desiste de encontro com Gilmar e Aécio

Redação
Escrito por Redação

O vice-presidente da República e presidente do PMDB, Michel Temer, decidiu cancelar a viagem que faria a Portugal no início da próxima semana para participar do seminário promovido pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), de propriedade do ministro Gilmar Mendes, dos Supremo Tribunal Federal.

O evento reunirá os principais líderes oposição que articulam o impeachment da presidente Dilma Rousseff, como os senadores tucanos Aécio Neves e José Serra. Temer atendeu a um apelo de correligionários do PMDB para ficar no país porque o partido discutirá na próxima terça-feira, dia 29, se desembarca do governo Dilma Rousseff.

O jornal português Público destacou nesta quarta-feira que a presença da oposição está “assustando” os políticos locais. Tanto o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Souza, quanto o ex-primeiro-ministro português Pedro Passos Coelho, que constavam como oradores do evento, desistiram de participar.

O PMDB não ainda não tem consenso sobre deixar o governo. Uma ala do partido que resiste ao rompimento, liderada pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), tenta adiar a data da reunião do diretório da legenda para discutir o desembarque. Um dos argumentos era justamente a ausência de Temer.

A decisão de desistir da viagem foi anunciada após o Diário Oficial da União publicar nesta quinta-feira a exoneração de Henrique Pires, presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Ele foi indicado para a função justamente pelo vice-presidente.

O vice-presidente, que estava no Rio de Janeiro, já retornou para São Paulo, onde passará o feriado de Páscoa. Somente na segunda-feira retornará a Brasília.

(Brasil 247)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.