Entretenimento

“Minhas cordas vocais são de bebê”, diz Netinho sobre doença

Redação
Escrito por Redação

Dois anos após quase perder a vida, Netinho retomará sua carreira e voltará aos palcos. Devido a um problema nas cordas vocais, o cantor ficou meses sem falar e, apesar de se considerar recuperado do problema, reconheceu que sua voz ainda está muito fraca.“Estou ótimo, feliz. Quase 100%. Eu já posso muito, porque eu perdi tudo, tudo. Só tive, num momento, o movimento dos olhos. Não tinha nada mais. Perdi a voz. Não falava nada. Hoje faço fono para voz cantada. Minha voz estava bem fraquinha para cantar. Já falo, mas para cantar ainda está fraquinha. E minhas cordas vocais são como as de um bebê que nasce hoje. Porque eu fiquei praticamente dois anos sem falar. Agora, é malhação das cordas vocais. É o que eu estou fazendo”, disse em entrevista à TV Bahia.

 

O músico assumiu que acabou caindo em depressão ao perceber que seu corpo não estava respondendo ao tratamento como o esperado.

“Cheguei a um ponto, em julho do ano passado, lá no Rio, em minha casa, a parar de comer. Não quis comer mais, enjoei. Para mim, era o fim de tudo. E, quando eu percebi, eu já estava no hospital em São Paulo. Fiquei uns seis meses, num tratamento fantástico. Por isso que eu estou aqui hoje.”

Tantas internações fizeram com que o baiano aprendesse a controlar sua ansiedade. “Tenho a minha expectativa, mas não dou prazo para nada mais. Porque dei em 2014, tive depressão e voltei ao hospital. Eu aprendi a entender o tempo que cada coisa tem para acontecer. E cada coisa tem um tempo para acontecer”, afirmou.

A pausa forçada na carreira acabou afetando sua vida financeira. Afinal, o maior rendimento de Netinho era resultado de sua agenda de shows pelo país: “Foi um baque terrível”.

Esse jejum de dois anos longe dos palcos será quebrado no dia 28 de agosto quando o cantor estrear a turnê chamada “DNA” no Recife. O anúncio de sua volta foi feito pelo músico em suas redes sociais na última sexta-feira (31).

(MSN)

 

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.