Amazônia Roraima

Ministério da Integração reconhece situação de emergência em Roraima

Redação
Escrito por Redação

Após governadora Suely Campos declarar, no mês passado, situação de emergência em decorrer da estiagem em Roraima, o secretário nacional de Proteção e Defesa assinou a portaria de Nº 24, na sexta-feira, 12, reconhecendo essa necessidade de enfretamento em 12 municípios do estado.

A mudança ocorrida no decreto da União foi o registro de mais dois municípios de Roraima que não estavam na lista da última medida feita pela governadora. Caroebe e Iracema foram os locais incluídos como regiões em emergência.

A situação de estiagem enfrentada em Roraima deve-se às alterações climáticas, que elevam a temperatura da superfície, afetando o regime climático e, consequentemente, a redução da precipitação pluviométrica na Amazônia.

O objetivo da medida é acelerar as ações de combate à estiagem de forma rápida para diminuir os prejuízos ao setor agropecuário e solucionar o fornecimento de água à população.

Confira os municípios em situação de emergência, segundo o decreto da União: Alto Alegre, Amajari, Bonfim, Cantá, Caroebe, Iracema, Mucajaí, Normandia, Pacaraima, Rorainópolis, São João da Baliza e São Luiz.

(Folha de Boa Vista)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.