Amazônia Roraima

Ministério da Saúde divulga caso suspeito de microcefalia em Roraima

zica-virus
Redação
Escrito por Redação

De acordo com o novo informe epidemiológico divulgado na terça-feira, 12, pelo Ministério da Saúde, foram registrados 3.530 casos suspeitos de microcefalia relacionada ao vírus Zika. Um desses casos é em Roraima.

Os casos suspeitos da doença em recém-nascidos são computados desde o início das investigações, em 22 de outubro do ano passado até 9 de janeiro deste ano e ocorreram em 724 municípios de 21 unidades da federação.

O boletim também traz resultados que reforçam a hipótese de relação entre a infecção pelo vírus Zika e a ocorrência de microcefalia e outras malformações congênitas. No entanto, o Ministério reforça a necessidade de prosseguimento das investigações e pesquisas da alteração do número de microcefalias e outras malformações em decorrência de processos infecciosos.

O Governo do Estado convocou hoje, 13, às 10h30, uma coletiva de imprensa na Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) para tratar sobre o assunto.

ZIKA VÍRUS
Atualmente, a circulação do Zika é confirmada por meio de teste PCR, com a tecnologia de biologia molecular. Até o momento, estão com circulação autóctone do vírus Zika 20 unidades da federação. São eles: Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Roraima, Amazonas, Pará, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná.

 

(Folha de Boa Vista)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.