Mundo

Morre na prisão, general condenado por genocídio, braço direito de Mladic

General Tolimir(C) levado para a prisão/Foto: Getty Images
Redação
Escrito por Redação

O general sérbio-bósnio Zdravko Tolimir, condenado por genocídio, em Srebrenica em 1995, morreu na prisão de Haia, onde cumpria sua pena, anunciou, hoje, terça-feira, uma fonte do Tribunal Penal Internacional para a Iugoslávia (TPII).
Zdravko Tolimir, de 67 anos, morreu na noite de ontem, segunda-feira, segundo uma fonte do TPII que mão quis ser identificada.

Tolimir, que foi braço direito do general Ratko Mladic, atualmente julgado por genocídio, era o chefe da inteligência e segurança das forças militares sérvias durante a guerra da Bósnia (1992-1995).(Terra/IstoÉ)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.