Amazonas Cidades

Motivado por denúncias, Ipaam realiza fiscalizações no interior do AM

Caminhões com carregamento de madeira/Foto: Pedro Morais
Redação
Escrito por Redação

Por intermédio da Gerência de Fiscalização (Gefa), o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), está realizando, durante todo o mês de abril, uma série de fiscalizações em vários municípios do Amazonas, com o objetivo das ações foi de verificar denúncias feitas ao órgão e atender às demandas internas.
Entre as atividades, no último dia 15, o Ipaam esteve nas cidades de Manacapuru e Novo Airão, distantes de Manaus 79 e 180 quilômetros respectivamente. Na AM- 352, conhecida por Estrada de Novo Airão, que dá acesso ao referido município por meio da AM-070 (Estrada Manoel Urbano), na Região Metropolitana de Manaus (RMM), a fiscalização resultou na apreensão de um caminhão que transportava aproximadamente 11 metros cúbicos de madeira em toras sem o Documento de Origem Florestal (DOF). A equipe do órgão aplicou uma multa ao proprietário da madeira no valor de R$ 3.303,00.

Já em Rio Preto da Eva, que fica a 58 km da capital, a ação foi de 04 a 09 de abril. Por meio de denúncias foram apreendidos uma (01) pá mecânica que fazia viveiros escavados sem licenciamento e um (01) caminhão que transportava madeira serrada sem DOF. As multas somam R$ 4.200,00.

A Gefa também esteve no município de Autazes, localizado a 110 quilômetros de Manaus foi embargada uma área de 25 hectares. No local, a equipe constatou a supressão irregular de madeira, gerando duas multas, uma no valor de R$ 125 mil pela retirada ilegal, e outra de R$ 25 mil, por queimada não autorizada.

“As ações devem continuar conforme nosso cronograma. Temos muitas denúncias de diversos segmentos e nosso objetivo é cumprir essas ações até o fim do ano”, comentou o gerente de fiscalização do Ipaam, Rodrigo Serafini.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.