Brasil

MP: ex-marido de Luiza Brunet deve fazer curso de reeducação familiar

O pedido foi feito pelo promotor Carlos Bruno Gaya da Costa/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação
O pedido foi feito pelo promotor Carlos Bruno Gaya da Costa/Foto: Divulgação

O pedido foi feito pelo promotor Carlos Bruno Gaya da Costa/Foto: Divulgação

O Ministério Público pediu à Justiça que o empresário Lírio Parisotto, suspeito de agredir a atriz Luiza Brunet, seja obrigado a frequentar um curso de reeducação familiar, por quatro meses, no Fórum de São Paulo.

Segundo informações do Globo, o pedido foi feito pelo promotor Carlos Bruno Gaya da Costa, responsável pelo caso.

De acordo com o promotor, a medida é uma ação de caráter protetivo e educativo.

Em resposta, Luiza Brunet disse se sentir aliviada:

“A decisão da juíza Lilian Lage Humes é justa. Mostra o quanto nós mulheres ganhamos mais voz com a Lei Maria da Penha e que a nossa coragem vence também quaisquer ameaças e injúrias. E ainda evidencia: agredir mulher é crime, em qualquer classe social”.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.