Amazonas Política

MPE-Am busca apoio na Assembleia à Campanha contra Corrupção

Deputado Sabá Reis adere a Campanha/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Membros do Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM), visitaram hoje, quarta-feira (11), a Assembleia Legislativa do Amazonas, para pedir o apoio daquele Poder, no sentido de aderir à Campanha 10 Medidas contra a Corrupção. A intenção do órgão é conseguir 6,5 mil assinaturas no Estado, e seis deputados aderiam à campanha que vai se transformar num projeto de iniciativa popular, a ser apresentada no Congresso Nacional.
O assessor do procurador-chefe do MPF Amazonas, Sostenes Leite, disse que a intenção é conseguir o apoio tanto dos deputados como dos funcionários da Casa, para que atuem como multiplicadores. Segundo Leite, a meta já foi atingida, haja vista já estar com 17 mil assinaturas. “Queremos muito mais”, frisou.

Sostenes Leite informou que a campanha trabalha três aspectos da legislação: Aumento da pena para crimes de corrupção, recuperação do dinheiro desviado da corrupção e uma ação preventiva que visa mudar a cultura de corrupção, ou seja, que o dinheiro desviado seja investido em educação contra a corrupção.

Os deputados que assinaram o documento do MPF são Luiz Castro (REDE), Alessandra Campêlo (PCdoB), José Ricardo (PT), Sabá Reis (PR), Serafim Corrêa (PSB) e Augusto Ferraz (DEM). Alem disso, vários servidores da Casa assinaram o documento.

Já aderiram à campanha no Estado o Tribunal Regional do Trabalho (TRT), Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Tribunal de Justiça (TJ), o Ministério Público do Estado (MPE) e agora a Assembleia Legislativa. “Ainda vamos à Receita Federal e outros órgãos”, disse Sostenes Leite, informando que o número de assinaturas obtido será apresentado à sociedade no Dia Mundial de Combate à Corrupção, no dia 9 de dezembro. No País se faz necessário 1,5 milhão de assinaturas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.