Brasil Política

MST invade sede do Ministério da Fazenda, em Brasília

Manifestação MST em frente ao MF/Foto: FolhaPress
Redação
Escrito por Redação

Cerca de 2.000 integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) invadiram hoje, segunda-feira (03), a sede do Ministério da Fazenda, em Brasília. Eles reivindicam que o governo reveja os cortes do orçamento que afetam ações de reforma agrária.
Eles chegaram ao edifício por volta de 5h30 da manhã e não têm previsão de abandonar o local até que algum representante do governo apresente ao grupo uma proposta de revisão nos cortes.

O movimento alega que o governo cortou quase pela metade (de R$ 3,5 bilhões para R$1,8 bilhão) o volume de recursos para ações de reforma agrária.

“A reforma está completamente parada no país. Temos famílias que estão sofrendo há 10 anos em assentamentos, sem nenhuma estrutura”, disse Kelli Manfort, da coordenação nacional do MST.

Além de avanços na reforma agrária, a invasão também tem funciona como uma crítica à política econômica da presidente Dilma Rousseff.

“A nosso ver, essa política econômica é equivocada. Estamos lutando contra a essência dela. A crise não deve ser paga pelos trabalhadores’, afirmou Manfort.

O MST afirma que o governo erra ao priorizar grandes empresas e produtores em detrimento dos trabalhadores do setor agrícola.

Segundo representantes do movimento, enquanto são feitos cortes em áreas sociais diversas, o setor do agronegócio teve aumento de 20% nos recursos disponibilizados pelo Plano Safra.(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.