Amazônia Mato Grosso

MT: Enfermeira é presa suspeita de furtar remédios de Pronto-Socorro

Redação
Escrito por Redação

Uma enfermeira foi presa nesta quarta-feira (27) por suspeita de ter roubado medicamentos do Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC), em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, a suspeita, de 61 anos, foi flagrada por outra funcionária enquanto roubava ampolas de remédio da unidade de saúde, tanto nesta quarta quanto na terça-feira (26). Ao ser detida, ela negou ter retirado os medicamentos.

Ela foi encaminhada para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. A coordenadora do PSMC foi quem chamou a polícia depois de suspeitar que uma funcionária estava furtando remédios das farmácias do centro cirúrgico e da sala de emergência (conhecida como sala vermelha) do pronto-socorro. Ela disse à polícia que recebeu informações de uma funcionária de que a enfermeira teria roubado os medicamentos e os escondidos na própria bolsa.

A enfermeira foi abordada dentro do hospital e teve os pertences revistados pelos policiais. Apesar de não encontrar na bolsa nenhum medicamento supostamente roubado, a polícia encontrou ataduras no local onde o acessório estava guardado. No estojo para guardar óculos, que pertence à enfermeira, os policiais acharam seringas, agulhas e uma ampola de medicamento.

Em relação ao que foi encontrado no estojo, a enfermeira disse aos policiais que faz uso de antibióticos. No setor onde a enfermeira trabalha a polícia ainda encontrou, dentro de uma caixa de descarte contaminado, várias ampolas de medicamentos, inclusive dos mesmos materiais que foram achados no estojo da suspeita.

A funcionária que testemunhou o roubo afirmou aos policiais que encontrou a suspeita na terça-feira na sala de repouso do centro cirúrgico. A enfermeira, que não estava trabalhando e deveria estar de folga, foi encontrada aparentemente sob efeito de medicamentos. A testemunha pediu para que ela saísse da sala, já que o local não é o setor de trabalho dela.

Depois de expulsar a enfermeira, a funcionária percebeu que cinco ampolas de fentanil, um analgésico normalmente usado no tratamento para dor. Esse medicamento é aproximadamente 100 vezes mais potente que a morfina.

A funcionária afirma que encontrou novamente a enfermeira roubando uma ampola do mesmo medicamento. As câmeras de segurança do pronto-socorro teriam registrado o momento em que a funcionária tomou o medicamento da mão da enfermeira.

Delegacia

Na delegacia, a enfermeira e as testemunhas foram ouvidas pelo delegado Daniel Machado. Segundo ele, a suspeita nega ter cometido o crime. As testemunhas afirmaram que as câmeras registraram o crime e as imagens devem ser solicitadas e analisadas pela Polícia Civil.

A enfermeira deve responder por tentativa de furto e foi encaminhada para a audiência de custódia, onde a Justiça determinará se ela vai responder em liberdade ou se será levada para uma unidade prisional.

(Expresso MT)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.