Amazônia Mato Grosso

MT: professor é preso por assédio sexual contra aluna de 11 anos

Redação
Escrito por Redação

Professor de informática de uma escola municipal foi preso acusado de assediar sexualmente uma aluna de 11 anos em Cuiabá. W.R.S, 19, leciona há 1 mês o curso de extensão oferecido aos estudantes, através do projeto Educa Mais. A estudante denunciou o assédio sofrido pelo aplicativo de mensagens instantâneas via celular Whatsapp.
A menina contou em depoimento na delegacia que estuda na Escola Municipal Marechal Rondon, no bairro Alvorada, mesmo bairro onde reside, e que há cerca de uma semana, passou a receber mensagens do professor de informática.

 
Segundo a estudante, não tem costume de conversar em sala, e nem indagar o professor, porém, recebeu a mensagem “você não é tímida apenas pessoalmente, mais também virtualmente, você é linda, eu quero ficar com você”. A criança respondeu que não fica, e apagou as mensagens, pedindo para não lhe enviar mais, e comunicou uma prima, que contou para a família.

O pai da criança representou criminalmente contra o professor. Detido, o rapaz explicou que embora a estudante seja sua aluna, nunca trocou palavras com ela, e disse que foi ela quem mandou mensagem. Entretanto, admite que disse que ela era bonita, mas apagou as mensagens.

Contou ainda que viu episódios de pedofilia na TV e se sentiu mal. Ele responderá pelo crime de assediar, instigar ou constranger criança, previsto no artigo 214 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O professor pagou fiança e foi liberado para responder em liberdade.

Fonte: Gazeta Digital

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.