Amazônia Mato Grosso

MT: Três casos com Mormo são confirmados em Rondonópolis

R. Saraiva
Escrito por R. Saraiva

Mais três casos de mormo foram identificados pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea/MT) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Os animais são de uma propriedade que fica na zona rural do município, na região das Três Pontes, e onde em maio foi confirmada a ocorrência da mesma doença em uma égua, que foi sacrificada.Os novos casos foram detectados depois que os técnicos interditaram a fazenda, coletaram amostras de sangue de todos os 27 animais que tiveram contato com a fêmea doente, sacrificada no início de maio, e as enviaram ao Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro) para comprovação do mormo.

 

Como parte do processo de contenção para evitar que a doença seja transmitida para animais de outras propriedades, o local foi interditado e passou por um processo de saneamento, onde todos os foram novamente examinados e outros três equídeos também apresentaram a doença.

 
Diante das novas confirmações, os muares serão novamente examinados. Os fiscais do Indea aguardam apenas que as valas sejam abertas para que os animais sejam sacrificados.

Suspeita

De acordo com o Indea, há suspeita de que um animal em outra propriedade no município também tenha a doença. A propriedade está interditada até que sejam recebidos os resultados dos exames enviados ao Lanagro.

No Estado, são 18 propriedades com focos da doença confirmados. De maio de 2014 a 1º de julho, 27 animais já foram sacrificados.

Na última semana, em 24 de junho, uma égua foi sacrificada em uma fazenda no município de São José do Povo (MT), a 268 km de Cuiabá.

(24horasnews)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.