Polícia

Mulher é arrastada por moto após assalto na Djalma Batista

Redação
Escrito por Redação

Uma mulher de 36 anos, que não quis se identificar, foi arrastada por uma moto após ser assaltada na Avenida Djalma Batista, na última quinta-feira (13). Segundo relatos da vítima, ela saía de uma agência bancária e caminhava até uma parada de ônibus, quando foi abordada por uma dupla em uma motocicleta, que tomou o celular das mãos dela. Não conformada, ela reagiu e na fuga da dupla, partiu para cima do garupa e então foi arrastada. “Eles me arrastaram por cerca de uns 4 a 5 metros”, disse uma desempregada.

A mulher relatou para a equipe de reportagem do MANAUS HOJE, que só tomou esta atitude porque está desempregada há dois meses e para poder sobreviver faz alguns “bicos”, como correções em Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e também está preparando uma apostila de libras.

assalto

Ela saía de uma agência bancária e caminhava até uma parada de ônibus, quando foi abordada por uma dupla em uma motocicleta, que tomou o celular das mãos dela.

“Eu não me importei porque eles pegaram o celular, pois isso a gente recupera, mas parti pra cima porque estou desempregada e estou fazendo os bicos utilizando meu celular para tudo, pois eu estou sem notebook. Tinha muita coisa salva por lá, vários vídeos que estou trabalhando em cima para a apostila. Infelizmente todo mundo saiu no prejuízo por conta disso”, contou.

Ainda segundo a desempregada, ela ficou dois dias sem poder andar direito, sentindo muitas dores no joelho, além de ter ralado o pé durante a ação dos criminosos. “Eu fiquei desesperada, mas de imediato também fiz aquilo porque quando eles me abordaram, a moto não deu na partida, e também havia percebido que eles não estavam armados”, relatou.

No mesmo dia, a mulher foi até o 22° Distrito Integrado de Polícia (DIP) registrar o Boletim de Ocorrência (BO).

 

Fonte: A Crítica

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.