Brasil

Mulher tem casal de gêmeos e apenas um nasce com microcefalia em Recife

Redação
Escrito por Redação

Uma equipe médica acompanha o caso de uma dona de casa que deu à luz um casal de gêmeos, em que apenas um dos bebês foi diagnosticado com microcefalia. Os médicos buscam entender por que um bebê tem a malformação e o outro, não.

Segundo informações do G1, a dona de casa Cassiana da Silva, mãe dos gêmeos, relatou que teve zika durante a gestação. Ela vive em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife.

Segundo os médicos, Cassiana chegou a apresentar algumas manchas vermelhas no braço, quando estava com quatro meses de gravidez, mas os médicos acreditavam que era mais um quadro de dengue – não havia a preocupação com o vírus da zika na época. “Foram só umas manchas na pele, não espalhou pelo corpo”, recorda a mãe.

“O que geralmente chama a atenção é porque a gente imagina que as duas crianças estão dentro de um ambiente único, dividido apenas por algumas membranas. Por que uma apresenta complicações de uma doença e a outra não?”, questiona a neurologista Ana Van Der Linden.

Os pesquisadores buscam identificar anticorpos, através do exame do líquido da espinha dorsal dos bebês, que podem ter sido produzidos pelo próprio organismo para combater a infecção pelo vírus da zika.

“Aí entram de novo os estudos para a gente tentar entender o que tinha nas placentas, já que eles tinham placentas diferentes, e o que evitou que o vírus chegasse até um bebê e o que o levou a chegar até o outro”, aponta a pediatra Danielle Cruz.

De acordo com o último balanço divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado, já foram encontrados anticorpos correlacionados ao vírus da zika em 34 bebês com microcefalia, em Pernambuco. A ciência espera encontrar uma forma de evitar novos casos de microcefalia.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.