Mundo

Na Colômbia professora é presa por vender maconha escondida em doces

A professora tinha ligações com a quadrilha Los Canchilas, que opera na cidade de Facatativá.
Redação
Escrito por Redação
A professora tinha ligações com a quadrilha Los Canchilas, que opera na cidade de Facatativá.

A professora tinha ligações com a quadrilha Los Canchilas, que opera na cidade de Facatativá.

Na Colômbia, uma professora de 24 anos foi detida pela polícia por vender maconha escondida em doces para estudantes. A ação foi realizada por uma operação contra vendedores de drogas no varejo, informaram nesta sexta-feira (12) as autoridades.

Conhecida pelo apelido de “Teacher”, a mulher “aproveitava sua condição de docente e seus atributos físicos para comercializar, entre seus estudantes e os de outros centros educativos, drogas camufladas em chocolates, doces e brownies”, disse a polícia em comunicado.

Com identidade não revelada, a professora aparentemente tinha ligações com a quadrilha Los Canchilas, que opera na cidade de Facatativá, segundo o G1.

A polícia ainda informou a captura de outras 89 pessoas acusadas de comercializar entorpecentes e de pertencer a sete quadrilhas que operavam nas cidades de Facatativá, Girardot, Zipaquirá, Ubaté, El Rosal, Tocancipá, Madrid e Soacha, no departamento de Cundinamarca, do qual Bogotá é capital.

As quadrilhas identificadas como Los Canchilas, Los Pinkis, Las Acacias, Los Jota, Los Pájaros, Los Pacheco e Los Carrilleros utilizavam “as redes sociais para traficar drogas, de acordo com informações policiais.

Os detidos enfrentarão acusações pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio, tráfico, associação criminosa e instrumentalização de menores de idade para o cometimento de crimes, entre outras.

(NOTÍCIAS AO MINUTO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.