Amazonas Economia

Na crise, a exportação deve ser prioridade de toda empresa, aponta CIN-AM

Marcelo Lima, gerente-executivo CNI-Am/Foto: Divulgação
Marcelo Lima, gerente-executivo CNI-Am/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Investir em exportação como uma atividade em potencial de cada negócio deve ser uma meta constante para as micro e pequenas empresas, independente do oportunismo cambial. A orientação é do gerente-executivo do Centro Internacional de Negócios do Amazonas (CIN-AM), Marcelo Lima, que dá dicas para os empresários alçarem novos voos no mercado global.
A principal dica do executivo é que os empresários passem a ver a exportação como uma aptidão de cada negócio ao invés de caracterizá-la como uma oportunidade de momento, a exemplo do dólar mais caro que favorece as vendas ao exterior. Ele destaca que esse novo olhar para a internacionalização estimula e fortalece o potencial para atingir o mercado global.

“Existem, sim, os ganhos financeiros, mas deve-se focar também no engrandecimento da empresa, a conquista de novos mercados, a qualificação internacional e possibilidade de novos contatos comerciais, o que também favorece o mercado nacional e local. Para isso é importante entender o negócio com predisposição para essa atividade”, frisou Marcelo Lima.

Consultoria

Lima explica que enquanto não há segurança para iniciar, de fato, a exportação, as empresas podem dar os primeiros passos utilizando ferramentas online para identificar o potencial de cada negócio. “O Autodiagnóstico de Negócios Internacionais disponível no site do Serviço do Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma ferramenta muito útil para essa finalidade”, sugeriu.

Ele também ressaltou que no mês de novembro o CIN-AM vai promover constantes rodadas de negócios, workshops e palestras gratuitos para apoiar os empresários iniciantes. O exemplo mais recente é participação na Feira Internacional da Amazônia, com o Seminário as Oportunidades de Negócios Internacionais, no dia 19 de novembro (quinta-feira), no Studio 5 Centro de Convenções.

Rodada de Negócios

Seguindo a linha de priorização das exportações, Marcelo Lima lembrou da iniciativa do Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru que está buscando a aproximação entre a classe empresarial peruana e brasileira com a realização do ‘Seminário de Facilitação Logística’, seguida de rodada de negócios com os empresários. O evento acontece no dia 17 de novembro no Centro de Convenções Hotel Caeser Business, situado na Av. Darcy Vargas.

As inscrições para o evento serão disponibilizadas na sala do CIN-AM, situada nas dependências da Fiam, localizada na Avenida Joaquim Nabuco, Centro. O seminário é voltado a importadores; exportadores; empresas atacadistas; supermercados; empresas logísticas; investidores e trading companies. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 36310907.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.