Amazonas Destaques Política

Na entrega de títulos de terra, Melo fala sobre a greve da Suframa

José Melo entrega títulos de terra na Zona Norte/Foto: Nathalie Brasil
José Melo entrega títulos de terra na Zona Norte/Foto: Nathalie Brasil
Redação
Escrito por Redação
Melo entre título a uma moradora/Foto: Nathalie Brasil

Melo entre título a uma moradora/Foto: Nathalie Brasil

Foram entregues hoje, sábado (13), 2.183 títulos definitivos para moradores de seis bairros da zona norte de Manaus, em solenidade que aconteceu na Escola Estadual Senador João Bosco Ramos de Lima, no bairro Cidade Nova. Na ocasião, o governador afirmou que até o final do ano, mais dez mil títulos serão entregues, tanto em Manaus quanto no interior do Estado.
José Melo ressaltou que a entrega dos títulos definitivos de terra representa, para as famílias beneficiadas, segurança em relação ao local onde moram. “Essa é uma ação extremamente importante para essas famílias, porque, até hoje, eles eram apenas posseiros. Com o título, o terreno vira um bem de família e essas pessoas passam a ter a segurança da moradia própria”, frisou.

O governador também destacou que com a regularização dos imóveis, os proprietários terão a oportunidade de conseguir financiamento habitacional para melhorias nos seus respectivos imóveis via Caixa Econômica Federal e de acessar microcrédito para empreendedorismo, via Agência de Fomento do Estado (Afeam).

Os beneficiados, após terem recebido os títulos definitivos de posse, devem procurar um cartório para fazer o registro do imóvel para que o documento tenha validade. O registro é gratuito para terrenos de até 250 metros quadrados.

Melo cumprimenta beneficiários presentes ao encontro/Foto: Nathalie Brasil

Melo cumprimenta beneficiários presentes ao encontro/Foto: Nathalie Brasil

Durante a entrega foram beneficiadas famílias que residem nos bairros Colônia Terra Nova (113), Colônia Santo Antônio (318), Riacho Doce (256), Boas Novas (418), Campo Dourado (829) e Parque Eduardo Braga (249). Em março, o Governo do Estado, em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Agrário, entregou 1 mil títulos definitivos para famílias que residem em comunidades rurais do Estado.

O secretário de Estado de Política Fundiária, Ivanhoé Mendes, informou que nos próximos 40 dias a zona oeste de Manaus será a área a receber uma ação como a deste sábado, com a entrega de mais dois mil títulos definitivos de terra.

Moradora do Conjunto Boas Novas, Raimunda Odinéia da Silva, foi uma das beneficiadas com o documento do imóvel onde vive há 15 anos. A dona de casa, que mora com mais seis pessoas no local, não escondeu a emoção ao falar sobre a sensação de ter o título definitivo em mãos. “Esse documento é mais um filho que eu recebi hoje. Foram 15 anos esperando por esse documento e agora ele está aqui”.

Quem também recebeu o título definitivo do imóvel onde mora foi o aposentado Deusdeth Antônio da Silva. Aos 80 anos, ele, que divide o terreno no bairro Colônia Santo Antônio, afirmou que agora pode dizer que a casa é realmente sua. “Sem esse título alguém poderia vir e querer tomar minha casa, mas agora não. Hoje eu estou muito feliz”.

Greve na Suframa – Durante o evento, o governador José Melo falou sobre a greve de servidores que atinge a Superintendência da Zona Franca de Manaus  (Suframa) e dos prejuízos que a paralisação tem trazido para a economia do Estado. Segundo José Melo, o Governo do Estado tem feito o possível para amenizar os efeitos da greve, ao colocar servidores da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) para realizar os serviços de liberação de mercadorias.

“Espero que essa guerra encerre o quanto antes, porque o momento econômico que o país vive e o nosso Estado também é um momento que requer muito equilíbrio. Tivemos queda de arrecadação e de atividade industrial e uma greve piora ainda mais a situação”, afirmou.

Questionado sobre a indicação do novo superintendente da Suframa, o governador voltou a afirmar que a decisão é exclusiva da presidente Dilma Rousseff e que o seu único desejo é que o nome escolhido seja de um técnico.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.