Cidades

Na saída o Cel. Gouvêa presta contas dos oito meses de comando

Gouvêa
Redação
Escrito por Redação

Na passagem do comando da Polícia Militar do Amazonas nessa sexta feira (02), o Coronel Gouvêa faz uma prestação de contas de oito meses à frente do Comando Geral e mostra os números. Ele não saiu atirando como fizeram outros secretários, mas agradecendo a confiança depositada nele, pelo governador do Estado. Veja nota, na íntegra, a seguir:

“Foram oito meses de intenso trabalho, voltados a fazer valer o princípio de uma polícia melhor para os policiais militares. Não nos curvamos, não permitimos que os nossos valores e princípios fossem sequer arranhados. Hierarquia e disciplina são valores, são princípios fundamentais para qualquer instituição militar”, avaliou Gouvêa.

O ex-comandante agradeceu ao Governador José Melo, a confiança depositada nele e nos coronéis Escóssio e Sávio na condução durante oito meses da Polícia Militar do Amazonas. “Governador foi uma grande honra comandar a sua polícia durante esse tempo. Muito obrigado! Agradeço também ao povo amazonense que de várias maneiras contribuiu para o sucesso deste trabalho”, agradeceu.

Conforme o coronel, após os 28 anos de efetivo serviço na Polícia Militar do Amazonas, ele destacou a sua convicção pessoal. “Mais vale a honra do dever cumprido. Tenho certeza que conseguimos cumprir nosso papel e com orgulho, com a cabeça erguida saímos pela porta da frente da mesma forma que entramos. Nessa certeza, estimo ao novo Comandante Geral da briosa instituição militar, sucesso, saúde para conduzir, paz e êxito na nova missão”, concluiu.

Gouvêa também agradeceu e parabenizou todos os Policiais Militares do Amazonas pelos relevantes resultados obtidos durante os oito meses de trabalho em que esteve no comando da valorosa corporação militar.

Dentre os resultados desses quase trezentos dias à frente do Comando da PMAM, destacamos a apreensão de 700 armas de fogo (média de mais de duas armas por dia); a recuperação de 1.926 veículos (mais de sete veículos recuperados por dia); 9.780 pessoas detidas e 8.587 conduzidas aos Distritos Policiais.”

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.