Brasil Polícia

Namorada impede reação e PM de 22 anos é morto a tiros durante assalto

O PM André Monteiro dos Santos tinha 22 anos, tentou reagir ao assalto/Foto: Divulgação
R. Saraiva
Escrito por R. Saraiva

Espírito Santo – O soldado da Polícia Militar do Espírito Santo André Monteiro dos Santos, de 22 anos, foi morto com 14 tiros, na madrugada desta quinta-feira, em Serra, na Grande Vitória. De acordo com informações de testemunhas no local, o policial estava de folga e saiu com a sua mulher de uma academia e foi abordado em seu carro por dois bandidos em uma moto. Eles anunciaram o assalto, e um deles portava uma faca.

Segundo informações da Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Vitória, o PM, que era do Grupo de Apoio Operacional (GAO) do 6° Batalhão, na mesma cidade, sacou a arma para se proteger, mas sua namorada o abraçou e o impediu de atirar.

Ousado, o assaltante esfaqueou o PM no braço, derrubando sua pistola. O bandido aproveitou o deslize para usar a arma do PM e atirar contra ele, que não resistiu e morreu no local.

O PM André Monteiro dos Santos tinha 22 anos, tentou reagir ao assalto/Foto: Divulgação

Os bandidos também atiraram contra a namorada de Santos, mas não conseguiram acertá-la com a única bala que restou na arma. Muito abalada, a jovem não quis dar declarações.

A polícia informou que velório do policial ocorre na Igreja Assembleia de Deus, no bairro Jardim Bela Vista, em Serra. O local do enterro não foi divulgado. A Secretaria Estadual de Segurança Pública do Espírito Santo enviou uma nota lamentando o ocorrido.

Fonte: O DIA

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.