Entretenimento

Namorado de Bobbi Kristina deve ser acusado de homicídio culposo, diz site

acusado
Redação
Escrito por Redação

O namorado de Bobbi Kristina Houston Brown, Nick Gordon, pode ser acusado de homicídio culposo — quando não há intenção de matar — por promotores que investigam o caso. A filha de Whitney Houston morreu no último domingo (26) após passar quase seis meses em coma depois de ter sido encontrada desacordada na banheira de sua casa, em janeiro deste ano.

Segundo o site TMZ, as autoridades querem indiciar Gordon por homicídio culposo, alegando que ele comprou as drogas que Bobbi Kristina usou antes do quase afogamento, mesmo sabendo que a herdeira de Whitney sofria com o vício e corria o risco de ficar inconsciente. Ainda de acordo com a publicação, Bobbi tinha um histórico problemático com drogas e teria até dormido na banheira de um hotel na véspera da morte da mãe.

 
Em seu depoimento, Nick Gordon admitiu à polícia que ele e a namorada usaram drogas na manhã do acidente.

A pessoa-chave para desvendar este caso é Max Lomas, amigo do casal que encontrou Bobbi Kristina na banheira. As autoridades pretendem oferecer um acordo ao jovem, já que ele também está envolvido em outro caso relacionado a drogas. Caso ele conte tudo o que aconteceu naquela manhã, pode receber condicional no processo em relação à antiga acusação e também imunidade no que diz respeito à história de Bobbi Kristina.

A primeira autópsia de Bobbi Kristina não obteve resultados conclusivos e novos exames deverão ser feitos para desvendar qual a causa da morte. Quando a jovem foi internada no início do ano, as autoridades suspeitavam de que ela teria sido vítima de agressão, já que apresentava marcas no corpo.

As suspeitas recaíram sobre Nick Gordon, que negou qualquer violência contra a namorada. Ele chegou a ser proibido pela família dela de visitá-la.

No dia 15 de julho, Bobby Brown e companhia entraram com um processo de R$ 30 mil contra Gordon, acusando-o de ter usado o dinheiro da herança de Bobbi Kristina durante a internação dela, além de tê-la agredido.

(R7)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.