Amazonas Cidades

Navio de Assistência Hospitalar da Marinha retorna da Operação ACRE/2016

Navio Dr. Montenegro retorna a Manaus/Foto: Assessoria
Redação
Escrito por Redação

O Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) Doutor Montenegro, retorna a Manaus, amanhã, sexta-feira (29), após três meses realizando atendimentos médicos e odontológicos, durante a 16ª edição da Operação Acre.
Nos dias em que permaneceu na região do Vale do Juruá, o NAsH Doutor Montenegro realizou os seguintes serviços: consultas médicas e odontológicas; vacinações (dengue, hepatite A e B, poliomelite, HPV, febre amarela e tétano); exames laboratoriais, raio X e mamografias;  distribuição de medicamentos e testes rápidos de HIV, sífilis, hepatite B e C, dengue, malária e gravidez. Além de promover a medicina preventiva por meio de palestras sobre: higiene bucal e corporal; tratamento da água e alimentos; Doenças Sexualmente Transmissíveis; combate ao mosquito Aedes Aegypti; e outros temas de interesse da população.

Na missão, foram empregados 70 militares sendo 21 da área de saúde, que prestaram 138.175 procedimentos médicos e distribuíram 632.945 medicamentos para 28.385 ribeirinhos das 47 comunidades visitadas no médio e no alto Juruá.

Durante a Operação Acre 2016 foram realizados:

– 203 exames de mamografia;

– 214 exames radiográficos;

– 2.532 exames laboratoriais;

– 42.098 procedimentos odontológicos; e

– 12.021 consultas médicas.

 Conheça um pouco da História do NAsH “Doutor Montenegro”

O Hospital Fluvial Dr. Manoel Braga Montenegro terminou de ser construído em janeiro de 1997, sob encomenda do então Governador do Estado do Acre, Orleir Messias Cameli, no estaleiro Conave, em Manaus, sendo entregue na cidade de Rio Branco-AC.

Após entendimentos entre o Ministério da Saúde, o Governo do Estado do Acre e o Comando da Marinha do Brasil, ficou decidido que o Navio seria transferido para Marinha por contrato de Cessão de uso a ser celebrado entre esta e o Governo do Estado do Acre, sendo incorporado à Marinha do Brasil, na Estação Naval do Rio Negro, em Manaus, em 19 de maio de 2000.

A Marinha do Brasil escolheu o nome do “Doutor Montenegro” para o navio, uma homenagem ao ilustre médico acreano Doutor Manuel Braga Montenegro, um homem simples, de poucas e boas palavras e sempre disposto ao trabalho. Assim, pode-se definir o perfil do médico Manoel Braga Montenegro, nascido na cabeceira do rio Liberdade em 14 de março de 1927, filho de uma família de imigrantes cearenses.

O Navio possui como lema a frase: “Saúde sem limite”; e é equipado com 01 Mamógrafo, 01 Raio X com conversão de imagem digital, 04 cadeiras odontológicas, 01 sala de parto, 01 sala de trauma, 01 centro cirúrgico, 01 farmácia, 01 laboratório de análises clínicas, 01 enfermaria, 01 sala de vacina e 01 sala de esterilização.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.