Amazonas Política

Neto defende união dos Poderes na defesa de interesses dos amazonenses

Deputado Josué Neto, em solenidade em Autazes/Foto Roberto Carlos
Redação
Escrito por Redação

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado Josué Neto (PSD), defendeu hoje, segunda-feira (29), a atuação conjunta das instituições públicas, na busca por melhorias nos serviços oferecidos à população, por ocasião da inauguração do Fórum Dr. Aristófanes Bezerra de Castro, no município de Autazes, a 110 quilômetros de Manaus, obra realizada com apoio do Poder Legislativo e do Governo do Estado.
Em anos anteriores, o Legislativo Estadual cedeu parte do seu orçamento ao Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) para investimentos no interior, principalmente na construção de prédios para alocar os servidores do Poder Judiciário. “Como Poder Legislativo temos esse sentimento de que as instituições devem estar cada vez mais fortes, mais próximas e com objetivo de levar o bem comum à população do Amazonas”, declarou.

Para o deputado, o Fórum proporcionará mais conforto no atendimento à população de Autazes. Sem sede própria, o fórum de Autazes funcionou até esta data em instalações cedidas pela prefeitura, que não ofereciam condições de trabalho aos magistrados e funcionários da Justiça.

Josué Neto destacou ainda o tempo recorde em que o Fórum foi construído e equipado, já que a construção começou em abril do ano passado, e em janeiro deste ano já estava concluído. Neto ainda parabenizou o Governo do Estado, que tem apoiado os investimentos da presidente do TJAM, desembargadora Graça Figueiredo. “A gente fica muito feliz em saber que o Judiciário está investindo no interior. Que o professor José Melo tem dado todo o apoio à administração da desembargadora Graça Figueiredo, que está muito sensível às necessidades do Judiciário nos municípios” disse.

Novo Fórum

Com 630m² de área construída, o novo Fórum possui estacionamento, tem em sua estrutura duas varas, tribunal do júri, salas da OAB, Ministério Público e Defensoria, assim como arquivo e sala de CPD. O custo total da obra foi cerca de R$ 1,2 milhão.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.