Amazonas Esportes

Nico Rosberg faz a pole do GP da Hungria, com Hamilton em segundo

Rosberg arrisca um olho e sai na pole na Hungria/Foto: EFE
Rosberg arrisca um olho e sai na pole na Hungria/Foto: EFE
Redação
Escrito por Redação
Rosberg arrisca um olho e sai na pole na Hungria/Foto: EFE

Rosberg arrisca um olho e sai na pole na Hungria/Foto: EFE

A Mercedes segue com o carro mais rápido da Fórmula 1, com as posições definidas hoje, sábado (23), para o Grande Prêmio da Hungria, que acontece, amanhã, domingo, a partir das 07h30 (de Brasília). A escuderia alemã largará na primeira fila com seus dois pilotos. Nico Rosberg fez a pole position com o tempo de 1min19s965, seguido de perto por Lewis Hamilton, que marcou 1min20s108 em sua melhor volta.
A segunda fila será formada pelos carros na Red Bull, que tiveram bons desempenhos em todas as sessões dos treinos em Hungaroring. Daniel Ricciardo largará em terceiro, com o tempo de 1min20s280. Logo atrás aparece o jovem Max Verstappen, de apenas 18 anos, que fez o tempo de 1min20s557.

A Ferrari do tetracampeão mundial Sebastian Vettel sairá na terceira fila, ao lado da Toro Rosso de Carlos Sainz. O alemão teve como melhor marca o tempo de 1min20s874, enquanto o espanhol anotou 1min21s131. A McLaren largará na sequência, com Fernando Alonso em sétimo (1min21s211) e Jenson Button em oitavo (1min21s597). Nico Hulkenberg (Force India, 1min21s823) e Valtteri Bottas (Williams, 1min22s182) completam os dez primeiros.

A primeira etapa do treino classificatório foi marcada pelas paralisações. Após um atraso de 20 minutos para começar, devido às fortes chuvas que caiam na Hungria, a bandeira vermelha precisou ser acionada quatro vezes: uma por causa da chuva e outras três por causa de batidas de Marcus Ericsson, Felipe Massa e Rio Haryanto. A última parada, no acidente do piloto indonésio, decretou o fim do Q1.

Felipe Massa não se deu bem no Q1 e não passou para a segunda fase da qualificação. O piloto brasileiro perdeu o controle do carro na saída da curva 4 e se chocou na barreira de proteção, deixando a disputa. Massa completou seis voltas e teve a marca de 1min43s999 como melhor tempo, o que o fará largar na 18ª posição. Os outros eliminados no Q1 foram Jolyon Palmer (1min43s965), Kevin Magnussen (1min44s543), Marcus Ericsson (1min46s984), Pascal Wehrlein (1min47s343) e Rio Haryanto (1min50s189).

Felipe Nasr, o outro brasileiro na disputa da Fórmula 1, caiu no Q2. Após sobreviver à pista molhada no Q1, a Sauber de Nasr não conseguiu passar na pista seca. Com o tempo de 1min27s063, o piloto brasiliense largará na 16ª posição. À frente dele estarão Esteban Gutierrez (1min26s189), Kimi Raikkonen (1min25s435), Sergio Pérez (1min25s416), Daniil Kvyat (1min25s301) e Romain Grosjean (1min24s941).

Confira o grid de largada para o GP Hungria de Fórmula 1:

1: Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min19s965

2: Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min20s108

3: Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) – 1min20s280

4: Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 1min20s557

5: Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min20s874

6: Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) – 1min21s131

7: Fernando Alonso (ESP/McLaren) – 1min21s211

8: Jenson Button (ING/McLaren) – 1min21s597

9: Nico Hulkenberg (ALE/Force India) – 1min21s823

10: Valtteri Bottas (FIN/Williams) – 1min22s182

11: Romain Grosjean (SUI/Haas) – 1min24s941

12: Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – 1min25s301

13: Sergio Pérez (MEX/Force India) – 1min25s416

14: Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min25s435

15: Esteban Gutierrez (MEX/Haas) – 1min26s189

16: Felipe Nasr (BRA/Sauber) – 1min27s063

17: Jolyon Palmer (ING/Renault) – 1min43s965

18: Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1min43s999

19: Kevin Magnussen (DIN/Renault) – 1min44s543

20: Marcus Ericsson (SUE/Sauber) – 1min46s984

21: Pascal Wehrlein (ALE/Manor) – 1min47s343

22: Rio Haryanto (IND/Manor) – 1min50s189
(Terra/Gazeta)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.