Brasil

Ninguém ganhou o ‘bolão do impeachment’ na Câmara e dinheiro será doado

bolao-do-impeachment
Redação
Escrito por Redação

O bolão do impeachment organizado pelo Solidariedade arrecadou R$ 5.100 de 51 apostadores, mas não houve vencedores, segundo o deputado Carlos Manato (SD-ES), que ajudou o presidente do partido, Paulinho da Força (SP), na organização do bolão e no recolhimento do dinheiro. Ninguém acertou os 367 votos a favor do impeachment, disse Manato após conferir as apostas.

Os apostadores que mais se aproximaram do resultado final foram os deputados Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO) e Major Olímpio (SD-SP), que marcaram 366 votos pelo impeachment, e Paulo Azi (DEM-BA), que arriscou 368. “O combinado é que se ninguém acertasse, não haveria essa história de quem chegou mais perto. O dinheiro vai para uma instituição de caridade”, reiterou Manato.

O deputado capixaba afirmou que ainda vai conversar com Paulinho, mas sugeriu que os R$ 5.100 sejam entregues a uma associação que atende crianças autistas em Alegre, no Espírito Santo. “Eles estão construindo uma quadra, ajudaria muito. Mas antes vou falar com Paulinho”, disse Manato.

Quando foi lançado, no início da semana, o bolão foi criticado por deputados como Chico Alencar (PSOL-RJ), Alessandro Molon (Rede-RJ) e Sarney Filho (PV-MA). O deputado maranhense chegou a divulgar uma nota em que dizia que era preciso respeito diante da gravidade da situação que o País vive. “É só uma brincadeira”, respondeu Manato.

(EM)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.