Brasil Saúde

No Ceará, hospital suspende atendimento a crianças de fora do Estado

Hospital de Messejana, no Ceará/Foto: Divulgação
Hospital de Messejana, no Ceará/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

O Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes, na capital cearense, suspendeu, até o fim de março, o atendimento de crianças oriundas de outros Estados que fazem tratamento naquela unidade. Em circular, a diretoria-geral do hospital diz o motivo da interrupção do serviço é “a necessidade de redução dos gastos públicos”. O Hospital de Messejana é referência no Norte e no Nordeste em transplantes de coração e de pulmão.
As crianças que vêm de outros Estados são encaminhadas para tratamento por meio do chamado tratamento fora do domicílio (TFD), benefício instituído pelo governo federal para que pacientes de todo o Brasil atendidos na rede pública tenham acesso ao auxílio de que precisam caso as formas de tratamento oferecidas no local onde o paciente reside sejam insuficientes.

Em nota, a Secretaria da Saúde do Ceará, responsável pelo Hospital de Messejana, diz que, “em virtude da demanda por tratamento de pacientes do Ceará, a unidade retomará a oferta de vagas para pacientes de outros estados quando houver efetiva disponibilidade do serviço no estado”. A nota ressalta que, conforme as normas do TFD, o tratamento em outro estado somente é autorizado quando houver garantia do atendimento, com data e horário definidos para as consultas.

A Agência Brasil entrou em contato com a assessoria de comunicação do Hospital de Messejana, mas o atendimento foi direcionado para a Secretaria da Saúde. A secretaria não informou quantas crianças eram atendidas no hospital por meio do TFD.(Terra/AgBr)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.