Entretenimento

No dia da estreia de Xuxa, manifestantes fazem protesto na porta da Record

Redação
Escrito por Redação

Um pequeno grupo formado por membros do Sindicatos dos Radialistas se reuniu na porta do Recnov, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (17), dia de estreia do programa “Xuxa Meneghel”, para protestar contra as terceirizações de trabalho na Record.

A manifestação começou às 16 horas e o presidente do Sindicato, Leonel Querino, que usava uma camisa da Xuxa, alegou que nos últimos meses 1200 pessoas foram demitidas da Record.

“Escolhemos o dia de hoje por causa da estreia da Xuxa. Mais de 50% da mão de obra da produção é terceirizada.

Achamos que pessoas seriam contratadas e não foram. Estamos reivindicando a instabilidade da empresa”, disse Leonel.

Cinquenta cruzes foram fincadas na grama e uma carteira de trabalho para representar as demissões de funcionários da Record.

Na porta do complexo de estúdios da Record, os manifestantes ficaram ao lado de um grupo de fãs, que recepcionou Xuxa com direito a papel picado e gritos de “a rainha voltou”.

“Xuxa pegou na minha mão e disse: ‘por favor, reze por mim'”, disse o fã André Vieira, de 33 anos, que está na porta desde às 14 horas e veio de Recife para prestigiar a apresentadora.

André contou que a maior loucura que já fez pela loura foi ir ao Paraná com 50 reais. “Fui ver um jogo de vôlei da Sasha e ver a Xuxa por lá”, contou.

(UOL)

 

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.