Política

No Dia do Médico, deputado cobra melhor tratamento aos recursos da saúde no AM

Deputado José Ricardo (PT)/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Ao mesmo tempo em que parabenizou todos os médicos e médicas do Estado pelo seu dia, profissionais que se dedicam a cuidar e a salvar vidas, o deputado estadual José Ricardo Wendling (PT), também, cobrou que os gestores públicos tratem melhor os recursos da saúde, para evitar irregularidades.

Ele citou apenas dois exemplos recentes, para justificar essa cobrança: desvio de recursos públicos do Fundo Estadual da Saúde, relatados na Operação da Polícia Federal “Maus Caminhos”, e o que vem acontecendo no município de Itacoatiara (a 176 km de Manaus), onde a Prefeitura está realizando demissões em massa na área da saúde, envolvendo ainda empresa terceirizada já denunciada pelo parlamentar em 2014, por problemas em contratos.

“É preocupante o que vem acontecendo com a saúde do nosso Estado, prejudicando a população que necessita desse serviço tão essencial à vida. Apesar de tudo isso, vemos poucas vozes cobrando providências do poder público, principalmente, neste Parlamento estadual, onde deveriam estar os representantes da população. Hoje, já vejo deputado cobrando que o Estado chame os concursados da Susam e que acabe com essa terceirização, que só serve para contratar empresas, a maioria de picaretas, para desviar recursos da saúde. Que bom que temos mais vozes. Há muito tempo, venho fazendo essa cobrança, quase que solitária neste plenário”, declarou José Ricardo.

Deputado José Ricardo (PT)/Foto: Divulgação

Deputado José Ricardo (PT)/Foto: Divulgação

O deputado aguarda a ida do secretário da Susam, Pedro Elias, para explicar no plenário da Assembleia, essas irregularidades apontadas pela Operação “Maus Caminhos”. Na semana passada, o deputado apelou que a presidência da Aleam utilize-se do Regimento Interno da Casa para que essa convocação seja efetivada, nem que seja de forma coercitiva. “Agora, soube pelos jornais que ele poderá vir no próximo dia 25. Vamos continuar cobrando. Porque, dessa forma, está desrespeitando o Poder Legislativo e a população”.

Audiência em Itacoatiara

Ainda sobre as irregularidades na saúde, o parlamentar falou sobre a Audiência Pública que realizou em Itacoatiara, no último dia 14/10, por meio da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Legislação Participativa da Assembleia, da qual é presidente, contando também com a participação de parlamentares membros das Comissões de Saúde e de Educação.

“Ouvimos a população, apreensiva e preocupada com as demissões em massa nos hospitais, envolvendo a Cooperativa Nacionalcoop, que tem contrato com a Prefeitura. Visitei o hospital e unidades de saúde da cidade e constatei a precariedade do atendimento e dos serviços”, disse ele, informando que nessa sexta à tarde só encontrou um clínico geral no hospital, onde não tinha nem cirurgião e nem anestesista. Como resultado dessa Audiência, ele ingressará com representações no Ministério Público do Estado e no Tribunal de Contas do Estado para que sejam apuradas as denúncias e tomadas as providências.

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.