Amazonas Política

No Fórum de Governadores, Igrejas defende união para a ‘solução de entraves’

Igrejas ao lado de Antonio Silva/Foto: Tácio
Redação
Escrito por Redação

O superintendente, em exercício, da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Gustavo Igrejas, participou, na manhã de ontem, sexta-feira (24), da abertura do 11º Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, evento, realizado no Centro de Convenções Vasco Vasques, que reuniu, além dos governadores dos nove Estados da região (Amazonas, Acre, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Tocantins, Roraima e Amapá), o prefeito de Manaus, parlamentares federais, estaduais e municipais e secretários de Estado. A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, também compareceram ao encontro para participar das discussões.
O início do evento foi marcado pelo consenso, entre os participantes, de se discutir o pacto federativo, tendo em vista a importância da região para o País e sua atual representatividade político-econômica. Temas como infraestrutura, preservação ambiental e maior inserção nas decisões internas do País também foram destacadas para serem debatidas a fim de se gerar a Carta de Manaus, que congregará diversos pleitos correlatos à Amazônia Legal e será encaminhada à Presidência da República.

União

Após a abertura, o superintendente Gustavo Igrejas comentou que a iniciativa de reunir os principais representantes da região para se discutir tópicos relevantes da Amazônia Legal é sempre válida. “Todo debate qualificado que gere resultados positivos é importante. Somente com a união de esforços podemos contribuir para uma sociedade melhor, com a superação dos desafios atuais que temos enfrentado em todo o País e com caminhos traçados para a resolução de possíveis entraves”, disse Igrejas.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.