Amazônia Maranhão

No Maranhão, 14 casos da Síndrome de Guillain-Barré foram confirmados

Redação
Escrito por Redação

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam que do início do mês de janeiro até este sábado (25), já foram confirmados 14 casos da Síndrome de Guillain-Barré no Maranhão. Nesse período, foram três mortes no Estado, todas em São Luís: dois óbitos nos hospitais Carlos Macieira e do Servidor (de responsabilidade da Secretaria de Estado da Gestão e Previdência, Segep), e outra em uma unidade particular.Em alguns casos, pacientes relataram ter apresentado sintomas do Zika vírus ou Dengue 20 dias antes da síndrome de Guillain-Barré se manifestar. Segundo o Ministério da Saúde x (MS), o Sistema Único de Saúde (SUS) existem 35 procedimentos para tratamento da síndrome. A medicação mais utilizada é a base imunoglobulina.

 
A síndrome de Guillain-Barré é uma doença autoimune, ou seja, o sistema imunológico ataca e destrói tecidos saudáveis do corpo por engano. A síndrome também é conhecida como “Polirradiculopatia Desmielinizante Inflamatória”, sendo que, polirradiculopatia significa doença que afeta neurônios que saem da medula espinhal, desmielinizante, pois há perda de bainha de mielina, e inflamatória porque ocorre uma reação inflamatória devido ao ataque das células de defesa do organismo.

A doença não tem uma causa definida. Normalmente o paciente pode apresentar, algumas semanas antes da doença se instalar quadros de infecção.

(U.J Nova Prolink)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.