Brasil Esportes

Novo técnico do Fluminense diz que pensou em parar, ao deixar o Atlético-MG

Levir Culpi assume o Fluminense/Foto: Divulgação
Levir Culpi assume o Fluminense/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Levir Culpi foi apresentado, hoje, segunda-feira, como novo técnico do Fluminense, mas, em vez das tradicionais respostas padrões, o treinador deu um show de originalidade no salão nobre das Laranjeiras. Em determinado momento, ele surpreendeu a todos ao dizer que quase encerrou a carreira após deixar o Atlético-MG para virar palestrante.
“Depois que sai do Atlético-MG quase virei palestrante, pois isso é o que mais tem dado dinheiro no país. Demorei quase um mês para desacelerar e pensei nisso. Mas aí recebi a proposta do Fluminense e nem tive o que pensar. Aceitei e vamos para mais esse desafio”, disse o novo treinador do Fluminense.

O profissional deu sua real opinião sobre o time que será responsável daqui para frente. Elogios? Sim, mas também algumas críticas. A principal dela foi na falta de padrão da equipe, que não construiu uma base titular após três meses de trabalho em 2016.

“Fluminense esta no mesmo nível do Brasil. Tem problemas como todos os outros. Não tem padrão de time ainda. Não sei qual é a escalação, pois faltou padrão. Vamos trabalhar em cima disso. Quero achar a base do time e fortalecê-la. Elenco é de otima qualidade, mas falta isso. Fui apresentado a comissao tecnica. São 15 e isso são muitos profissionais. Temos que ajustar a forma de trablaho, criar harmonia para nos conduzir a bons resultados”, disse o sincero Levir Culpi.

Uma das características de Levir Culpi é a sinceridade. E antes mesmo de ser apresentado oficialmente, os torcedores do Fluminense já puderam sentir na pele o que terão pela frente com o profissional no comando do time. Ele aproveitou a a oportunidade para explicar a declaração do último domingo, quando disse que dinheiro e história o fizeram escolher  o Tricolor.

“É um prazer muito grande estar aqui. Eu gosto muito de brincar, pois acho que as entrevistas ficaram muito chatas. Não me conformo mais com algumas perguntras e respondo algumas bobagens. Espero que me entendam. Procuro ser sincero e as vezes isso é uma qualidade maldita. Essa é a maneira que encontrei de conseguir voltar ao futebol”, explicou.

Além disso, o treinador deixou claro que espera fazer um bom trabalho para buscar títulos. “Fluminense dispensa comentários. Tradição, camisa.. Espero fazer algo e aproveitar o tempo que estou aqui. Gostei muito do Marcão, que não jogou. Ele foi muito bem. Fez substituções que deveria. Preservou pierre com cartão… acertou na frente. Foi bem. Agora vamos organizar mais o time”, comentou o treinador.(UOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.