Amazonas Destaques Formal & Informal

O Distrito Industrial pode parar amanhã (03) por causa dos buracos no asfalto

di10
Redação
Escrito por Redação

A “buraqueira” nas ruas do Distrito Industrial é motivo de protesto e fechamento de ruas a partir das 06h da manhã, dessa quarta feira (03). O ponto de concentração acontecerá na Avenida Buriti, local onde as pistas estão praticamente intransitáveis e cheias de lama.

Os motoristas de ônibus Especial e carreteiros vão protestar contra a Prefeito Arthur Neto (PSDB), que será responsabilizado pelo estado de calamidade e abandono em que se encontram as ruas do maior polo de arrecadação do Estado do Amazonas. Tem trechos de pistas, que já se transformaram em verdadeiros atoleiros em plena avenida (foto).

Para os motoristas, que levam os trabalhadores das indústrias (transportes Especial), está cada vez mais difícil transitar nas ruas do DI. Eles estão tendo prejuízos diariamente, gastando mais de meia hora, a mais, em cada rota, por causa dos buracos que infestam todas as ruas do Distrito Industrial. “Estamos trabalhando mais e ganhando menos, porque temos que pagar os prejuízos”, disse o motorista Gabriel Marinho.

Foto enviada por um leitor, mostra momento de desespero ao ver carros atolados em plena avenida.

Foto enviada por um leitor, mostra momento de desespero ao ver carros atolados em plena avenida.

Os caminhoneiros, responsáveis pelo transportes dos produtos industrializado, também irão se juntar aos protestos dos motoristas de ônibus especial. Eles estão tendo prejuízos com mercadorias avariadas, ponteiras e para-choques danificados e tem que pagar pelas peças.

di11

Para o presidente do Sindicato dos Transportes Especial, Willian Enock, por enquanto será um protesto localizado. Eles estarão concentrados na Avenida Buriti, a partir da madrugada desse dia 03 de março, mas se não tiverem respostas do prefeito Arthur, o Distrito será fechado, para evitar mais prejuízos para os motoristas, transeuntes, trabalhadores e proprietários de veículos.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.