Amazonas Cultura

O fim de semana no Belle Époque, terá muito Eletrônico e Sertanejo

Muito eletrônico, no Belle Époque/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A terceira edição do projeto “Belle Brunch”, a baladinha de domingo do Belle Époque, no shopping Ponta Negra, vai agradando, cada vez mais, o público, e amanhã, sábado (27), de 15h00 à meia-noite, apresenta como atrações os DJs Tubarão (residente) e Bessa, além do cantor Jyou Guerra, com os ingressos vendidos no local e reservas.
O DJ Bess iniciou carreira em 2012, seguindo a linha de deep house, tech house e techno, com pegada envolvente e muita energia para a pista superior da casa. Tubarão dá o start para o Belle Brunch, se revezando no som também com o cantor Jyou Guerra, que começou na música aos 10 anos e em 2013 entrou para o universo sertanejo, tocando nas noites e festas de Manaus, agora em carreira solo. No currículo, o jovem, considerado o “Príncipe do Sertanejo” já tocou em shows ao lado de nomes como Anitta, Dorgival Dantas e Luan Santana. A diversão é garantida com as atrações do domingo.

O restaurante e bistrô Belle Époque tem apostado no cardápio musical para agradar de jovens descolados a adultos, incluindo casais e famílias. É só escolher o dia da semana para aproveitar as novidades da casa, que ainda conta com uma gastronomia de primeira e tem um bar de carta internacional.

Novidades

O novo restaurante-bar, reaberto em dezembro, ganhou projeto para atender especialmente quem gosta de sair com amigos, funcionando do almoço ao jantar, happy hour e para baladas com batidas eletrônicas ou um som com bons drinques à mão. A carta de bebidas da casa também tem boas novas e leva assinatura do bartender Marcelo Serrano, escolhido como o melhor bartender em 2014 e 2015, pela revista “Veja São Paulo – Beber e Comer”. Ah, e o famoso e refrescante moscow mule, na canequinha de bronze, continua como hit do Belle Époque.

Erick Jacquin

Erick Jacquin é hoje um dos mais importantes chefs franceses em atividade no Brasil. Maître Cuisiner de France, Chevalier du Mérite Agricole e Chevalier de la Légion d´Honneur. Chegou ao Brasil em 1995, depois de comandar o restaurante Au Comte de Gascogne, em Paris. No País, foi chef do restaurante Le Coq Hardy, em São Paulo, eleito melhor restaurante do Brasil. Eleito chef do ano por diversas vezes, Erick Jacquin dirigiu o Café Antique, considerado o melhor restaurante Francês em 1999. Em 2004, inaugurou o restaurante La Brasserie Erick Jacquin em São Paulo, eleito 6 vezes o melhor restaurante francês da capital paulista e do País. Em 2013, o chef decidiu se dedicar a eventos e palestras e hoje é responsável pela cozinha do Tartar&Co –  que tem  um novo conceito de bistronomia. Há 4 anos também é responsável pelo menu do Restaurante La Brasserie de la Mer,  em Ponta Negra, Natal/RN e é chef consultor reinaugurando o restaurante Belle Époque em Manaus. Recentemente no Guide Michelin Brasil, o Tartar&Co está em destaque Bom e Barato e o chef atua como jurado na segunda temporada do MasterChef Brasil. Em junho deste ano, inaugurou o restaurante Le Bife no Itaim Bibi, sob sua consultoria gastronômica.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.