Amazonas Formal & Informal

O PT deve antecipar o nome do seu candidato à prefeitura de Manaus

pt2
Redação
Escrito por Redação

Já não é mais novidade que o Partido dos Trabalhadores (PT) vem com candidatura própria nas eleições municipais de 2016, em Manaus, mas o que não se sabia, era que o pré-candidato majoritário será apresentado agora no mês de setembro de 2015. Foi o que prometeu o presidente do diretório estadual da legenda, Valdemir Santana.

 

De acordo com ele, o diretório estadual aprovou a proposta de candidatura própria e quer antecipar o nome do candidato, sair na frente dos demais partidos, que andam ensaiando pré-convenções desde o início do ano. O PT deve lançar candidato à prefeito em todos os 62 municípios do Estado, mas com uma ressalva: quem vai decidir são os diretório municipais, que tem toda a autonomia para definir o que pretendem nas suas devidas bases.

 

”A orientação do diretório estadual é que sejam escolhidos os nomes a candidato até setembro, onde for possível”, destacou o presidente Valdemir Santana. O PT quer antecipar o processo de escolha de pré-candidatos para poder discutir, com os outros partidos aliados, as composições de chapas majoritárias e os quadros para a vereança nos municípios, inclusive Manaus.

 

Valdemir disse que o diretório municipal vai ter toda autonomia para fazer as composições que quiser, com exceção daqueles partidos que estão fora da lista feita durante a realização do Congresso Nacional do PT, em São Paulo, no primeiro semestre do ano. Por outro lado, o partido deve empreender ritmo mais forte na fiscalização da atual administração municipal, além da que já é feita pelos três vereadores do Partido, na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

 

“Não somos iguais aos outros partidos, que preferem destruir o País, o Estado, a cidade para dizer que podem fazer melhor. Se o prefeito não estiver cumprindo o prometido, vamos criticar, mas se estiver fazendo obras de interesse da população, conforme disse, tem que ser elogiado. Essa é a posição do partido e é isso que nos queremos fazer. Essa é a política do PT no Estado”, definiu Santana.

 

13 anos de PT

 

No processo de comunicação com a população da cidade de Manaus o Partido pretende mostrar o que o Governo Federal fez para o Estado, para Manaus, mas as pessoas não sabem porque os políticos de outros partidos tomaram os projetos para o seus benefícios próprios.

 

O PT do Estado quer mostrar ainda, que é contra a corrupção, contra toda e qualquer tentativa de uso dos recursos públicos e, que se está havendo prisões de empresários fortes, políticos influentes, é porque o Partido dos Trabalhadores resolveu deixar a Polícia Federal, o Ministério Público, o judiciário trabalhar. Ao contrário, se deu em outros governos, que não se via um político preso, por causa dos apadrinhamentos e conchavos existentes.

 

“Queremos que a justiça defina essa história de corrupção toda. É isso que nós queremos. Queremos mostrar para os jovens, que na época que o PT assumiu o governo tinham apenas 10 anos de idade e não se lembram do que aconteceu antes de 2002, quando o Brasil estava à beira da falência econômica e social. Com Lula e Dilma o Brasil melhorou em todas as relações econômica, social e política. Vamos limpar o Brasil da corrupção”, finalizou Santana.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.