Amazonas Cultura

Obra literária que retrata vida de Ribeiro Junior é lançada em Manaus

Escritor Márcio Souza, faz a apresentação da obra/Foto: Marinho Ramos
Escritor Márcio Souza, faz a apresentação da obra/Foto: Marinho Ramos
Redação
Escrito por Redação
Escritor Márcio Souza, faz a apresentação da obra/Foto: Marinho Ramos

                 Escritor Márcio Souza, faz a apresentação da obra/Foto: Marinho Ramos

O Paço da Liberdade, no Centro Histórico de Manaus, foi palco para o lançamento da mais nova obra literária do Amazonas, que conta a história de um dos grandes tenentes na luta contra a corrupção no Estado. Reeditado pela Norma Editora, trata-se do livro “Ribeiro Junior – Redentor do Amazonas – Memórias”.
Escrito por Eneida Ramos Ribeiro, filha do tenente, o livro retrata desde as paixões a grandes desafios travados em terras amazônidas. A filha da autora, Beatriz Ribeiro, e neta, Alice Ribeiro, estiveram presentes no lançamento da obra. “Minha mãe é professora e por muitos anos atendeu chamados de universitários e pesquisadores que queriam escrever sobre a história do meu avô. Depois de muitos registros recuperados ela decidiu escrever um romance contando suas historias para que mais pessoas pudessem conhecê-lo”, declarou Beatriz.

Alice Ribeiro, bisneta de Ribeiro Junior, vê com muito carinho todo esse reconhecimento de sua família. “Hoje eu carrego no peito a aliança que meus bisavôs usaram e que foi passado para minha avó, depois para minha mãe e hoje está comigo. É muito importante para mim sentir que faço parte dessa história importante para o Amazonas”, disse.

Grande figura política na época do Tenentismo, Ribeiro Junior tem sua vida relembrada na obra literária que faz parte do projeto ‘Memoria Reencontrada’, do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), que busca reavivar a história do estado, do município e de cada indivíduo do Brasil.

O presidente do Concultura, Marcio Souza, explicou que a reedição do livro é como se duas coisas boas acontecem na nossa vida. “Dizem que uma coisa boa não se repete em nossa vida, mas o fato de ter promovido a reedição melhorada da história desse grande homem, que será distribuída em bibliotecas municipais e nacionais, é um presente para história de todo o brasileiro”, avaliou.

Ribeiro Junior tomou o poder e assumiu o governo do Estado no ano de 1924, por 36 dias, tornando-se um mito e o redentor do Estado.

Filhas de Ribeiro Junior, presentes ao lançamento/Foto: Marinho Ramos

                  Filhas de Ribeiro Junior, presentes ao lançamento/Foto: Marinho Ramos

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.