Amazônia

Onça que participou do revezamento da Tocha Olímpica é morta com tiro

Redação
Escrito por Redação

A onça ‘Juma’ que participou da solenidade do revezamento da Tocha Olímpica na manhã desta segunda-feira (20), foi morta após escapar no interior do zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS). A informação foi confirmada na tarde de hoje, através de nota enviada pelo Comando Militar da Amazônia (CMA).

Segundo o comunicado do CMA, a onça escapou no interior do zoológico do CIGS, que no momento do ocorrido se encontrava fechado, vazio e em segurança.

Conforme a nota, uma equipe de militares composta de veterinários especializados no trato com o animal foi ao seu encontro para resgatá-la. O procedimento de captura foi realizado com disparo de tranquilizantes.

Ainda conforme o comunicado, mesmo atingida, a onça deslocou-se na direção de um militar que estava no local. “Como procedimento de segurança, visando proteger a integridade física do militar e da equipe de tratadores, foi realizado um tiro de pistola no animal, que matou Juma”.

O CIGS já determinou abertura de processo administrativo para apurar os fatos.

(EM TEMPO)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.