Amazonas Cidades

Operação ‘Adsumus’ deflagrada para combater tráfico de drogas no Mauazinho

Polícia Civil deflagra operação no Mauazinho/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A Polícia Civil do Amazonas deflagrou, em Manaus, a operação “Adsumus”, com o intuito de combater o tráfico de drogas no bairro Mauazinho, na zona leste, em um território de jurisdição federal, nas proximidades de unidade da Marinha do Brasil.
A ação foi coordenada pela delegada Kelene Passos, titular do 29º Distrito Integrado de Polícia (DIP), e contou com o reforço de policiais civis lotados na referida unidade policial, além de 30 fuzileiros navais do Batalhão de Operações Ribeirinhas, dois cães e um helicóptero da Marinha do Brasil. A operação seguiu até 11h30 daquele mesmo dia.

Polícia Civil deflagra operação no Mauazinho/Foto: Divulgação

Polícia Civil deflagra operação no Mauazinho/Foto: Divulgação

De acordo com a delegada Kelene Passos, a ação policial explorou e mapeou toda a área de circunscrição do território nacional denominado “Terras de Marinha”, que são as conhecidas margens de rios e lagoas que recebem influência de marés. A área em questão se encontra no limite do bairro Mauazinho, onde muitas famílias estão ocupando ilegalmente o lugar para vender, armazenar e esconder drogas e armas.

“Recebemos denúncias dos próprios moradores do bairro Mauazinho e de militares da Marinha do Brasil informando sobre o que estava acontecendo no local. Então foi firmada uma parceria entre a equipe do 29º DIP e o Comandante do Batalhão de Operações Ribeirinhas. Por se tratar de um território de responsabilidade federal, teríamos que ter autorização para adentrá-lo e identificar essas irregularidades”, explicou a autoridade policial.

Kelene Passos, disse ainda, que os infratores se sentiam confortáveis em atuar naquele lugar pelo fato de ser de difícil acesso, principalmente para os policiais que não tinham autorização de adentrar na área. Conforme a delegada, a operação recebeu o nome de “Adsumus” em referência a um lema do Corpo de Fuzileiros Navais, que no sentido figurado significa estar presente, refletindo a presteza e o permanente estado de estar pronto.

“Um dos nossos objetivos nessa incursão policial foi mostrar à população e ao infratores a presença das forças policiais, especialmente naquela localidade, onde a prática de crimes é intensa”, concluiu a titular do 29º DIP.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.