Amazonas Cidades

‘Operação Brasil Integrado’ que se realiza no Norte e Sudeste prende 17 pessoas no AM

Barreira da PRF contra o transporte irregular/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

Em uma semana da Operação “Brasil Integrado”, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), 17 pessoas foram presas por tráfico de drogas, contrabando e descaminho de mercadorias, em nove municípios do Amazonas, segundo balanço divulgado ontem (07), em ações nos rios, estradas e áreas urbanas das cidades.
A Operação, que encerra hoje, sábado, está sendo  realizada em todos os estados das Regiões Norte e Sudeste, sendo que no Amazonas e Rio de Janeiro a ação está servindo como um projeto de segurança para os Jogos Olímpicos 2016.

Durante os dias da operação, realizada de forma simultânea em nove municípios do Amazonas e na capital, foram empregados 400 servidores de 21 órgãos das Esferas Federal, Estadual e Municipal.

No total foram montadas nove barreiras terrestres e três fluviais. Pelo menos 31 veículos foram recuperados e as equipes abordaram 3.570 pessoas, 284 embarcações, 1.243 carros, 989 motos, 24 ônibus e 136 caminhões. Foram ainda apreendidos cerca de oito quilos de droga (maconha e cocaína), sete armas de fogo, uma arma branca, 19 munições, 31 veículos, 56 eletrônicos e R$1.832.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Sérgio Fontes, todas as ações estão sendo desenvolvidas para o combate aos crimes típicos das regiões de fronteira, divisa e rotas, como contrabando e descaminho de mercadorias, além do tráfico de drogas.

Ele destaca que o Amazonas é um estado atípico, por sua dimensão e características geográficas. “Na estrutura do planejamento da operação, resolvemos dar ênfase para os municípios que possuem rotas de tráfico de drogas. Todas as pessoas presas em flagrante durante a operação foram enquadradas nos crimes de tráfico de drogas ou descaminho de mercadorias, que é o foco da operação”, ressaltou o secretário.

Os municípios que estão recebendo a operação são: Boca do Acre, Lábrea, Presidente Figueiredo, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Humaitá, Tefé, Atalaia do Norte e Benjamin Constant.

Segundo o secretário-executivo-adjunto de Planejamento e Gestão Integrada, Dan Câmara, o Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM), que está coordenando a operação, tem repassado as informações de produtividade nos municípios para o Centro de Comando Nacional.  “Em cada estado o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) Estadual está se reportando ao CICC Nacional, que está agregando todos os dados e números para divulgar um balanço geral. Essa é uma ação estimulada pelo Governo Federal, adotada pelos estados participantes para uma atuação integrada dos órgãos”, disse.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.