Amazonas Cidades

Operação de segurança dos Jogos Olímpicos atingiu nível máximo ontem(07)

Órgãos reunidos em coletiva de imprensa na Arena/Foto: Nathalie Brasil
Redação
Escrito por Redação
Órgãos reunidos em coletiva de imprensa na Arena/Foto: Nathalie Brasil

                Órgãos reunidos em coletiva de imprensa na Arena/Foto: Nathalie Brasil

Com aproximadamente 33 mil torcedores, o segundo dia de jogos do Torneio Olímpico de Futebol Rio 2016, em Manaus, foi considerado um sucesso pelas forças de segurança, durante coletiva à imprensa no intervalo entre os dois jogos, com a operação Jogos Olímpicos em Manaus atingindo seu nível máximo, ontem, domingo (07), pois, além dos jogos Suécia x Nigéria, Colômbia x Japão, na Arena da Amazônia, o dia foi de intensa movimentação para os órgãos envolvidos na Operação Integrada de Segurança, com a chegada das delegações femininas do Brasil, Estados Unidos, África de Sul e Colômbia, que entram em campo nesta terça-feira (09).
“Estamos com oito delegações internacionais, em Manaus, operando em carga máxima e ainda assim não registramos incidente nem dentro nem fora da arena”, observou o coordenador estadual do Comitê Manaus 2016, Mário Aufiero, ao ressaltar que para a rodada do torneio feminino de terça é esperada a lotação do estádio, que tem capacidade para 43 mil pessoas.

O secretário Executivo de Planejamento e Gestão Integrada da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-AM), coronel da Polícia Militar do Amazonas, Dan Câmara, também ressaltou a complexidade da operação. “Foi o dia mais denso nosso, o dia com a maior quantidade de operações. Nós movimentamos todas as equipes da Central Integrada de Escoltas com todas as delegações em movimento. Além de manter em segurança os centros de treinamento, o hotel, o ‘live site’ e o hotel das delegações”.

Segundo Dan Câmara, o nível de atenção da operação, que envolve cerca de 50 órgãos estaduais, municipais e federais, além das Forças Armadas, aumentou principalmente por conta da chegada das delegações americana e brasileira. “Na análise de risco feita pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), são as duas delegações com o maior ponto de atenção, uma por conta do ambiente político- social e a outra por conta dos riscos que trazem quando chegam em qualquer país, considerando o cenário terrorista no mundo inteiro”, revelou.

Arena de recordes – Para a última rodada do Torneio de Futebol em Manaus são esperados mais de 42 mil torcedores, o que, de acordo com o secretário de Estado de Esporte, Juventude e Lazer, Fabrício Lima, é mais um recorde batido pela Arena da Amazônia, o que garante inclusive o maior público dos Jogos Olímpicos no Brasil.

“Nós detemos o maior recorde de público da história do futebol brasileiro feminino com mais de 17 mil pessoas, registrados no último jogo do Iranduba na final do sub 23 e, agora, essa marca esperada para a rodada de terça-feira mostra, mais uma vez, que nosso estádio é completamente funcional e inclusive um dos melhores do País”, afirmou.

Avaliado pelo secretário como “o melhor das Olimpíadas”, o gramado da Arena da Amazônia foi mais uma vez alvo de elogio. “Em todos os estados, nas rodadas duplas, os gramados estão sofrendo bastante e o nosso, que foi alvo de muita desconfiança, está se comportando da melhor forma. É o melhor gramado das olimpíadas, sem nenhuma dúvida”, garantiu Fabrício.

Ainda de acordo com o secretário, os ótimos resultados da operação dos jogos em Manaus são prova de que o Estado está apto para receber qualquer tipo de evento. “O governador José Melo está muito satisfeito e sabe que teve a decisão mais acertada ao ter brigado pelos jogos no Amazonas e fazer um investimento necessário para consolidar a nossa arena, além de nos capacitar para receber grandes eventos e ter os olhos dos grandes clubes brasileiros em nós”, completou.

Segurança – Para a segurança das partidas desta rodada, a Polícia Militar do Amazonas atuou com um efetivo de mil homens, divididos em dois turnos tanto dentro, quanto no entorno da Arena da Amazônia, o que inclui as 52 baias de acesso aos torcedores, que não enfrentaram grandes filas e nem tempo de espera elevado.

O Corpo de Bombeiros também esteve presente com um efetivo de 164 homens, divididos em equipes especiais voltadas para atendimentos de prevenção ao pânico, resgate e busca em casos necessários, inclusive com apoio tático de membros da corporação do Estado de Roraima.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.