Amazonas Cidades Destaques

Operação Pescador 4′ registra recorde de abordagens e prisões, em Manaus

Prisões efetuadas na operação Pescador, em Manaus/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A “Operação Pescador 4′, deflagrada na noite de ontem, terça-feira (21), pela Polícia Civil do Amazonas, na Zona Norte, resultou em dez prisões e na abordagem de 2.589 pedestres e 1.469 veículos, sendo 1.030 motocicletas e 439 carros. Do total de prisões, seis foram realizadas em cumprimento a mandados, e quatro por flagrantes de tráfico de drogas e roubo. Também foram apreendidas 43 porções de entorpecentes e um veículo furtado.
A operação foi realizada para coibir crimes naquela região e atingiu números recordes em sua quarta fase. Os números foram obtidos com a participação de 150 policiais civis dos Distritos Integrados de Polícia (DIPs) da zona Norte, além de delegacias especializadas e departamentos que compõem a instituição.

O balanço da operação foi apresentado na tarde de hoje (22), pelo delegado geral, Orlando Amaral, no auditório da Delegacia Geral, na Zona Centro-Oeste. Para Amaral, o resultado da operação é reflexo do empenho e comprometimento dos profissionais envolvidos.

“O comprometimento dos nossos policiais está fazendo toda a diferença. Devido aos últimos acontecimentos na cidade, decidimos antecipar a 4ª edição da operação Pescador, que seria deflagrada na quinta-feira (23), e para a nossa felicidade tivemos um grande número de policiais que se apresentaram voluntariamente, mostrando a vontade de garantir a segurança da população”, declarou.

Estiveram presentes no evento o secretário executivo adjunto de operações da SSP-AM, Pedro Florêncio Filho; o delegado geral adjunto, Raimundo Acioly; o diretor do Departamento de Polícia Metropolitana da instituição, delegado Rozenildo Benedetto; e os coordenadores da Pescador 4, o assessor do gabinete do delegado geral adjunto, delegado Fábio Martins e o delegado titular da Seccional Norte, João Ferreira Neto.

Segurança de volta às ruas

Diante do aumento dos crimes registrados no último fim de semana, em Manaus, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM), juntamente com a Polícia Civil do Amazonas, deflagrou nos últimos dois dias, 20 e 21, respectivamente, duas operações com o intuito de garantir a segurança da população.

Para Pedro Florêncio Filho, o principal objetivo da operação é manter a paz e a segurança da população mostrando que a polícia está presente nas ruas. “Com a presença dos policiais nas ruas estamos resgatando a confiança da população. A polícia está realizando de maneira eficaz o seu papel que é garantir a segurança do povo”, argumentou o secretário.

De acordo com Orlando Amaral, diante da aceitação da população e da diminuição dos crimes, a operação é considerada um sucesso. Ele destacou que a operação terá uma nova edição ainda esta semana. “O sucesso desta operação, que é uma idealização do secretário Sérgio Fontes, é devido ao esforço dos policiais e à colaboração da população. Temos o dever de prestar esclarecimentos ao povo que nos recebe com satisfação durante abordagens”, declarou.

Reconhecimento

Desde a primeira edição, a operação Pescador vem recebendo aprovação e reconhecimento da população. Na ação realizada ontem, por exemplo, moradores da zona Norte parabenizaram os policiais e colaboraram com informações sobre pessoas envolvidas com crimes naquela zona.

Moradora de um conjunto habitacional visitado pelos policiais civis, Eliomara Moraes, 38, destacou o trabalho realizado pela Polícia Civil, principalmente, pela iniciativa da aproximar a comunidade da instituição. “O trabalho da polícia veio para nos deixar mais tranquilos diante da violência. Só de ver que os policiais estão nas ruas já nos tramite uma sensação de segurança”, declarou.

Foragidos tirados de circulação

Luiz Carlos Cerdeira Vieira, 42, foi preso em cumprimento a mandado de prisão, expedido pela Vara de Execuções Penais (VEP), por homicídio. Policiais da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECP) foram até a casa onde ele morava, na zona Norte, e souberam que o mesmo estava escondido na zona Centro-Oeste. A prisão foi realizada na Avenida Tóquio, no conjunto Campos Elíseos, bairro Planalto.

Cassius Cley Rodrigues de Lima, de 39 anos, foi preso pela equipe da DECP, na Rua São Sebastião, bairro Novo Israel, em cumprimento a mandado de prisão por homicídio tentado. O documento foi expedido no dia 15 de julho deste ano, pelo juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Anésio Rocha Pinheiro.

Samuel Amorim dos Santos, de 22, foi preso por policiais da DECP, na Rua Judá, da comunidade Nossa Senhora de Fátima, bairro Cidade Nova, em cumprimento a mandado de prisão expedido no dia 8 de janeiro deste ano, pela juíza Mirza Telma de Oliveira, por roubo.

Sebastião Pereira de Souza, de 34, foi preso na Rua Patauá, bairro Novo Aleixo, em cumprimento a mandado de prisão expedido no dia 23 de janeiro deste ano, pelo juiz Anésio Rocha Pinheiro, da 2ª Vara do tribunal do Júri.

Os irmãos Arcênio dos Santos Rodrigues, de 25 e Artêmio dos Santos Rodrigues, de 27, foram presos em um conjunto habitacional da zona Norte. Arcênio tinha mandado em aberto expedido pela juíza da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), Lídia de Abreu Carvalho Frota. Artêmio tinha mandado em aberto expedido pelo juiz da 8ª Vara Criminal, Carlos Zamith de Oliveira Júnior. Ambos foram presos pela equipe do 26º DIP, coordenada pela delegada titular, Hozana Andrade e irão responder por tráfico de drogas.

De acordo com Fábio Martins, a 4ª edição da operação apresentou números recordes de abordagens e prisões. “Tivemos mandados de prisão cumpridos, flagrantes realizados, apreensão de drogas e de um veículo que tinha restrição de furto. A quantidade de abordagens está cada vez maior e o mais interessante é que a própria população faz questão de ser abordada e revistada”, relatou a autoridade policial.

Flagrantes

Daniel Marcos Oliveria Castelo, de 42 anos, foi preso pela equipe do 26º DIP, na Rua Crateus, no bairro Colônia Terra Nova. Com ele foram apreendidas 12 porções de substância com aparência de pasta base de cocaína e R$ 86 em espécie. Ele foi autuado por tráfico de drogas.

Elda Vieira Batista, de 40, e Luan Felipe Silva de Araújo, 20, foram presos pela mesma equipe na Rua Caiado, bairro Monte das Oliveiras. Com o casal foram apreendidas 31 trouxinhas de substância com características de pasta base de cocaína. Ambos foram autuados em flagrante por tráfico de drogas.

Paulo Kevson Gonçalves Damasceno,  de22, foi preso pela equipe do 15º DIP, na Avenida Torquato Tapajós, bairro Novo Israel, logo após tentar roubar um homem de 27 anos utilizando uma faca. Ele foi detido por populares no momento que os policiais civis estavam passando pelo local. Ele foi autuado por roubo tentado.

Ao término dos procedimentos legais, todos serão encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa e a mulher ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde permanecerão à disposição da Justiça.

A fiscalização nos transportes especiais e executivos/Foto: Divulgação

A fiscalização nos transportes especiais e executivos/Foto: Divulgação

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.