Amazônia Pará

PA: Bandidos invadem e assaltam escola infantil em Belém

R. Saraiva
Escrito por R. Saraiva

Apenas um dia depois de um trio de assaltantes invadir uma escola municipal no Bairro do Castanheira, em Belém, agora foi a vez de uma creche, no Tenoné, viver momentos de pânico. Por volta das 16h de ontem, 2 homens e uma mulher, um deles armado com um revólver, aproveitaram a forte chuva que caía e pularam o muro da Unidade de Ensino Infantil Jaime da Costa Teixeira, que atende a crianças de 1 a 5 anos.

Havia, pelo menos, 30 crianças no local, no momento da invasão. Os bandidos seguiram direto para a cozinha, onde renderam as serventes e as obrigaram a abrir os armários, de onde roubaram todas as facas, além de pertences pessoais, como celulares e cordões. Era hora da janta e as professoras se preparavam para conduzir os alunos para o refeitório, quando também foram rendidas pelos assaltantes. Foram roubados bolsas, notebooks, documentos pessoais, entre outros objetos, diante das crianças assustadas.

As serventes do segundo bloco da creche, onde fica o berçário para alunos de 1 a 2 anos, perceberam o assalto e uma delas conseguiu trancar o acesso ao local com cadeado. Revoltada, uma professora, que pediu para não ser identificada, disse que há cerca de 2 anos a Prefeitura de Belém retirou a Guarda Municipal da unidade de ensino e não colocou nenhuma vigilância armada no lugar. “Os porteiros apenas controlam a entrada e a saída. A creche está numa área de risco. Precisamos de mais segurança”, desabafou.

SEMEC

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) informou que a PM já sabe quem são os envolvidos no crime e iniciou ontem mesmo as buscas pelos acusados. A Semec disse ainda que as rondas da Guarda Municipal, durante o dia, serão intensificadas, com apoio da Polícia Militar. À noite, permanece a presença da vigilância armada da Puma e mais 2 porteiros serão contratos.

(Diário do Pará)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.