Amazônia Pará

PA: Bando invade fazenda e faz várias pessoas reféns por mais de duas horas

Redação
Escrito por Redação

Bandidos mantiveram várias pessoas reféns após um assalto frustrado a uma fazenda localizada no município de Benevides, na Região Metropolitana de Belém. Tudo começou com a rendição de funcionários da fazenda Califórnia, localizada na estrada do Maratá. Jemerson Luiz Amaral dos Santos, Antonio Castilho dos Santos, Ailton dos Santos Machado e um adolescente de 16 anos entraram na fazenda, renderam o caseiro, João Tertulino da Costa Neto, e depois foram até os outros funcionários. Os criminosos exigiram que as vítimas baixassem a cabeça e deitassem no chão. Os invasores perguntavam a todo instante onde havia dinheiro e pertences de valor. Uma pessoa percebeu que o crime estava em andamento e acionou a Polícia Militar. Quando os bandidos estavam saindo da propriedade, encontraram com a polícia e houve troca de tiros. Antonio dos Santos foi ferido na perna direita e levado para a Unidade de Saúde de Benevides. O adolescente e Jemerson dos Santos pegaram duas pessoas que estavam no local e apontaram armas para as cabeças delas. Ailton Machado tentou fugir, mas foi interceptado pela polícia.

 

A negociação para a rendição dos assaltantes durou aproximadamente duas horas. Os bandidos exigiram a presença da família e também da imprensa. Após a chegada das mães dos criminosos, os reféns foram liberados.

Caseiro é detido, apontado como integrante da quadrilha.
Após a rendição, os criminosos foram levados para a delegacia de Benevides. Eles tinham dois revólveres calibre 38, um simulacro de pistola e quatro munições.

João Tertulino também foi levado para a delegacia, para prestar depoimento. Os acusados apontaram o caseiro como integrante da quadrilha. Por isso, João também foi detido pela polícia. “Eles estão dizendo em depoimento que o caseiro ajudou em tudo, que a ação seria somente para pegar a grana da fazenda, mas a polícia teria interferido no plano. Jemerson, Antonio, Ailton, João e o adolescente fazem parte de uma quadrilha especializada em assaltar fazendas pela região. Inclusive, eles roubaram o carro usado para praticar o ato criminoso há dois dias, em outra fazenda”, disse o investigador Monteiro.

Familiares e amigos do caseiro afirmaram que ele não tinha nada a ver com o crime e que foi apenas mais uma vítima. “Ele está sendo acusado injustamente. Ele jamais colocaria a vida da família e dos amigos em risco. Ele é uma pessoa correta”, disse a esposa de João, que preferiu não dizer o nome.

Antonio Castilho dos Santos, Ailton dos Santos Machado, Jemerson Luiz Amaral dos Santos e João Tertulino da Costa Neto foram autuados por formação de quadrilha, tentativa de assalto e porte ilegal de arma. O garoto de 16 anos prestou depoimento e foi conduzido para a Divisão de Atendimento ao Adolescente.

(ORM News)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.