Amazônia Pará

PA: Belém já tem 16 casos de H1N1 confirmados

H1N1-confirmados
Redação
Escrito por Redação

Os casos suspeitos de vírus de Influenza A/H1N1 em Belém estão sendo investigados pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), de acordo com informações divulgadas na Agência Belém neste domingo (27). No primeiro trimestre de 2016, foram notificados 16 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), sendo confirmados dois casos de Influenza A/H1N1 e uma ocorrência de metapneumovirus, conforme Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan).

De acordo com a Sesma, o aumento de notificações de casos SRAG já é esperado no inverno amazônico por causa da intensificação das chuvas, da circulação do vírus e do trânsito de pessoas em lugares onde ocorre a circulação viral.

Febre súbita acompanhada de tosse, dor de garganta, dor de cabeça ou dor nas articulações são sintomas que devem acender o alerta para síndrome gripal e a busca pelo serviço de saúde. Casos em que há dificuldade para respirar já são considerados graves.

Crianças menores de cinco anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais configuram o grupo de risco para a doença.

A notificação de SRAG é obrigatória e deve ser feita assim que surge a suspeita da doença. De imediato, antes mesmo do resultado laboratorial, é feito o tratamento no hospital ou nas unidades de saúde de urgência e emergência com a medicação adequada (antiviral Oseltamivir), que reduz a excreção do vírus e a gravidade da doença.

O vírus Influenza A/H1N1 já circula no Brasil desde a pandemia de 2009. O Ministério da Saúde realiza anualmente Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe, que em 2016 iniciará no final de abril. A vacina imuniza contra os principais vírus gripais que circulam no país e é voltada para grupos de risco (aqueles que podem ter complicações em relação à doença), como idosos, crianças, portadores de doenças crônicas e grávidas.

(DOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.