Amazônia Pará

PA: catadores do Aurá querem criação da CPI do Lixão

cpi-lixao-aura
Redação
Escrito por Redação

“Sabemos que a situação do Aurá é irregular. Tem um impacto ambiental grande, mas a prefeitura não está fazendo seu papel corretamente. Queremos que seja criada uma CPI do Lixão”, afirmou Lene Soares, representante dos trabalhadores e moradores do entorno do lixão do Aurá, que realizaram uma manifestação na manhã desta quinta-feira (18) em protesto contra o fechamento do espaço.“A prefeitura não está dando condições para que os trabalhadores do lixão possam viver depois do fechamento. De um universo de 2,5 mil pessoas, querem dar condições só para 300 atuarem nos bairros de Nazaré. Os outros vão passar fome”, continuou.

 
Ela também criticam a situação das comunidades situadas ao lado do lixão. “O mesmo TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que determina o fechamento do Aurá também exige que sejam dadas Saúde, Educação e Saneamento para as comunidades que moram ao lado do espaço”, afirmou Lene.

“Mas a escola de lá vive alagada, não tendo condições de ter aula quando chove, não há creche e falta um centro de saúde. Quando alguém fica doente ou ferida, temos que dar um jeito de conseguir táxi para ir até o centro da cidade ser atendido”, concluiu a representante.

Segundo os moradores, uma reunião está marcada com membros da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) para o dia 25 deste mês para discutir a situação do lixão. A previsão é que o espaço seja fechado no dia 5 de julho.

(DOL)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.