Amazônia Pará

PA: Mais dois suspeitos são presos no caso que envolve ex-jogador Jobson

Redação
Escrito por Redação

Mais duas pessoas foram presas, na tarde desta sexta-feira (24), suspeitas de envolvimento no estupro de cinco adolescentes. Os dois suspeitos, um jogador de futebol de 29 anos e um estudante de 20 anos, teriam participado de uma festa junto com o ex-jogador de futebol Jobson de Oliveira, que foi preso por ser suspeito do crime, na última quinta-feira (24).

De acordo com a Polícia Civil, os crimes teriam sido praticados há mais de uma semana, na chácara de propriedade de Jobson, localizada no município de Couto Magalhães, em Tocantins.

Os dois receberam voz de prisão na Delegacia de Conceição do Araguaia, no sudeste do Pará, quando se apresentaram para prestar depoimento sobre o caso. O novo suspeito é jogador e natural de Pau D’Arco, sul do Pará, mas atua como em um time de futebol em Goiás. Atualmente, está com um pré-contrato para ser transferido para um clube em Minas Gerais. Já o estudante, também suspeito, é de Conceição do Araguaia, onde também reside.

De acordo com o delegado Rodrigo da Motta, os dois irão permanecer recolhidos na carceragem da delegacia e prestarão depoimento na manhã deste sábado (25).

Jobson de Oliveira, ex-jogador do Botafogo, permanece também recolhido na Delegacia e deve ser transferido ao presídio do Centro de Triagem de Marabá (CTM), também no sábado.

O ex-atacante do botafogo permanece na carceragem de conceição do Araguaia, para onde foi transferido depois de ser preso, no Tocantins. Hoje ele passou por atendimento médico, mas já retornou a cela segundo a polícia, além de estupro, Jobson é suspeito de outros crimes, como o de ameaça.

(Jornal Floripa)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.