Amazônia Pará

PA: roubo de gasolina assusta motoristas da capital

R. Saraiva
Escrito por R. Saraiva

Uma nova modalidade de crime vem assustando quem precisa deixar seu carro estacionado nas ruas da capital paraense: o roubo de gasolina. Mais comum do que se imagina, o delito vem ocorrendo tanto durante o dia quanto a noite e em bairros movimentados da cidade.

A secretária Vânia de Freitas foi uma das vítimas deste novo crime. Ao entrar em seu carro no intervalo para o almoço, que estava estacionado ao lado da clínica onde trabalha, no bairro da Batista Campos, ela se surpreendeu ao perceber que o veículo estava sem gasolina. “Liguei o carro e ele não pegou. Logo, vi no painel que estava sem gasolina. Fiquei supresa, pois o tanque estava cheio”, contou.

O roubo da gasolina ocorre depois que os criminosos cortam a mangueira que leva o combustível do tanque até o motor do carro.

“No final do dia eu e meu marido compramos gasolina para colocar de novo no carro, mas a gasolina vazou. O carro, então, precisou ser rebocado”, lembra. “Após isso, continuo deixando o carro no mesmo lugar, já que aqui é muito difícil encontrar vaga durante o dia. Mas, tomei outras medidas para evitar um novo roubo, como deixar a parte onde fica o tanque do veículo mais próxima da parede”, comentou.

Além de Vânia, outras dezenas de outras pessoas já foram vítimas do crime, porém, a falta de um Boletim de Ocorrência dificulta para os dados estatísticos da Polícia Civil quanto aos números de pessoas vitimizadas. Portanto, é importante registrar ocorrência quando cair no golpe.

(DOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.