Amazônia Pará

PA: Servidores são impedidos de entrar na Câmara Municipal de Belém

servidores-de-Belem
Redação
Escrito por Redação

A sessão que define a continuidade ou não do projeto que prevê a diminuição do número de cargos na Prefeitura Municipal de Belém teve momentos de tensão no início da manhã desta quarta-feira (23).

O presidente da Câmara, Orlando Reis (PSD), impediu a entrada dos servidores públicos que queriam acompanhar a votação. A sessão começou por volta de 9h e os debates sobre esta imposição tomaram conta das discussões. Por volta de 11h, a internet no local parou de funcionar.

Para vereadores de partidos de oposição ao prefeito, as medidas são consideradas autoritárias e visariam de algum modo colaborar para a aprovação do projeto. Um batalhão especial da Guarda Municipal está próxima ao local impedindo a passagem de manifestantes.

Às 12h deve ter início a sessão extraordinária que decidirá pela continuação ou não do projeto. O projeto de lei é de autoria do prefeito Zenaldo Coutinho, enviado em outubro deste ano à Câmara Municipal: segundo a proposta, serão extintos cargos na Administração Direta, na Fundação Papa João XXIII (Funpapa), Instituto de Previdência e Assistência do Município de Belém (Ipamb), Secretaria Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), dentre outros.

A explicação para o projeto seria “tornar a máquina administrativa mais eficiente”, no entanto, se aprovado, alguns cargos como o de bibliotecário, por exemplo, terão quantitativo fixado em 23 profissionais, enquanto o município possui 68 bibliotecas.

(DOL)

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.