Cidades

Padrasto é preso por estuprar enteada durante seis anos em Coari

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável - foto: divulgação/Polícia Civil
O homem foi indiciado por estupro de vulnerável - foto: divulgação/Polícia Civil
Redação
Escrito por Redação

Um mototaxista de 28 anos foi preso no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), na manhã desta quarta-feira (20), suspeito de estuprar a enteada durante seis anos. O crime foi descoberto no domingo (17), após a vítima, atualmente com 14 anos, relatar o fato à mãe.

De acordo com o titular da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, delegado Mauro Duarte, a jovem contou que os abusos ocorreriam desde 2010, época em que tinha oito anos. Segundo ela, os estupros eram praticados quando a mãe dela se ausentava para trabalhar.

O homem foi autuado por estupro de vulnerável - foto: divulgação/Polícia Civil

O homem foi autuado por estupro de vulnerável – foto: divulgação/Polícia Civil

 

“O suspeito ameaçava matar a mãe dela e de atear fogo na casa onde morava. Por conta disso, a vítima não falava nada a ninguém sobre os abusos. No dia 8 deste mês, a adolescente foi estuprada novamente. O suspeito foi buscá-la na escola e a levou para um motel, onde a violentou”, explicou o delegado.

Após o fato consumado, a adolescente relatou a violência sexual no domingo (17) à mãe, que registrou o caso na delegacia.

Diante dos fatos, o delegado pediu a prisão preventiva do suspeito na terça-feira (19), e cumprida na manhã desta quarta-feira (20). O homem foi autuado por estupro de vulnerável e ficará preso em uma cela da unidade policial à disposição da Justiça.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.