Entretenimento

Pais de Neymar defendem o filho da acusação de sonegação fiscal: ‘Injusta’

Redação
Escrito por Redação

Acusado de sonegação fiscal e com R$ 188 milhões de seu patrimônio bloqueados pela Justiça brasileira, Neymar foi defendido pelo pai, Neymar Santos, e a mãe, Nadine Gonçalves, através de uma nota oficial enviada à imprensa nesta sexta-feira (25).“Não coagimos, não escamoteamos, não dilapidamos o nosso patrimônio, não vendemos nossos bens (não seria sequer necessário o bloqueio porque não adotamos nenhum ato que revelasse tais condutas, como, inclusive, foi reconhecido na indicada decisão judicial). Cumprimos o nosso dever e estamos tranquilos que tudo será esclarecido no seu devido momento”, afirma o comunicado.

 
Segundo a nota assinada por seus pais, o filho não é sócio de nenhuma de suas empresas, e sequer sonegou impostos entre 2011 e 2013, sobretudo nas transações que selaram sua transferência do Santos para o Barcelona, time no qual se reapresentou em julho deste ano.

“O atleta não é sócio de nenhuma das empresas e, portanto, não pode declarar do que não se apropria. Ele não sonegou impostos, tampouco qualquer uma das nossas empresas”, diz o comunicado.

De acordo com o pai de Neymar, a acusação fiscal se baseia em um entendimento equivocado de que os recursos recebidos pela pessoa jurídica decorrentes, em sua grande maioria, da cessão e licenciamento dos direitos de imagem de Neymar deveriam ter sido objeto de declaração de rendimentos da pessoa física, por ser um direito personalíssimo e, portanto, insuscetível de transmissão.

Jogador ostentou em férias no Brasil com viagens de helicóptero

Com o contrato renovado até 2020, Neymar é o terceiro jogador mais rico do mundo ostentou alguns luxos durante suas férias no Brasil, em julho. O craque alugou um helicóptero por R$ 30 mil para fazer o trajeto entre Rio de Janeiro e Santos. Só com essas viagens, o jogador gastou R$ 120 mil.

Ele também desembolsou a quantia de R$ 45 mil com um cordão de ouro e diamantes, com suas iniciais e a do filho, Davi Lucca. “Ele chegou até mim por meio de um amigo em comum e pediu sugestões”, contou o ourives TH do Ouro, responsável pela confeccção da joia.

(Purepeople)

 

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.