Amazonas Política

Palestras debatem uso abusivo de álcool e outras drogas, na Aleam

Palestra ""Saúde Mental", na Assembleia-Am/Foto: Divulgação
Redação
Escrito por Redação

A palestra “Os desafios para o tratamento do uso abusivo de álcool e outras drogas” reabriu, hoje, segunda-feira (08), o ciclo de debates denominado “Diálogos sobre Saúde Mental”. Trata-se de uma série de encontros e seminários promovidos por profissionais da área da saúde mental, psicólogos e docentes, e está sendo realizado na Assembleia Legislativa do Amazonas, contando com apoio do deputado Luiz Castro (PPS).
A psicóloga Lígia Maria Duque de Assis, secretária do Conselho Regional de Psicologia – 20ª Região (CRP), e uma das coordenadoras deste ciclo de debates, disse que o encontro desta segunda tem o objetivo específico de refletir sobre as formas de tratamento do paciente com dependência ao álcool e outras drogas, debatendo os serviços oferecidos na rede pública de saúde, buscando a integração e fortalecimento desses serviços junto às organizações de apoio ao dependente e sua família.

O deputado Luiz Castro, em seu discurso na abertura da palestra, reforçou seu apoio ao tema, afirmando que a saúde mental deve ser constantemente debatida, e, para o deputado, é necessário fazer com que a psicologia tenha mais espaço nas políticas públicas de saúde, construindo uma política de respeito ao ser humano e de direitos humanos efetivos.

Foram convidadas representantes do Estado, Município, Polícia Militar do Amazonas (PMAM), que atuam em ambulatórios ou projetos desenvolvidos através das políticas públicas de saúde mental; além de representantes de instituições não governamentais, como Alcoólicos Anônimos (A.A.), assim como pacientes e acadêmicos de psicologia.

A presidente nacional do A.A., psicóloga Jaira Fraxiela, que proferiu palestra disse considerar essa iniciativa de debates muito importante, pois promove uma reflexão ampla sobre a saúde mental, incluindo e reconhecendo a questão da dependência alcoólica como uma questão grave desta área da saúde.

Comentários

comentários

Deixe seu comentário

error: Ops! não foi dessa vez.